icone deIberanime OPO 2016

ARTIGO


Iberanime OPO 2016

Por Tiago Marafona a


GERAL
8

8 Comentários...

#1 klaud_litah

10 de Outubro, 2016, 13:34

Supostamente a Nintendo estava la vinha no folheto da programação mas era so aquele cantinho com consolas. Mas houve mais alem disso. A antestreia do ep do Pokemon XYZ, o torneio mundial de cosplay (mas os cosplayers deste ano eram muito fracos), o concerto, o stand da sony para experimentar o VR (e que é muito melhor do que pensava). De qualquer forma não é um evento para gamers mas sim para quem gosta de anime, cosplay e cultura japonesa.

O evento tinha boas apostas teve foi uma organização de beleza.E nota se que algumas lojas principais japonesas já deixaram de marcar presença. Acho que a grande aposta deste ano vai ser a comic con.

Para mim a pior escolha foi o espaço. Estava tudo tao dividido e afastado que era impossivel ver tudo. No espaço em gondomar dava para ver o palco principal de qualquer parte do recinto.
#2 neveda

10 de Outubro, 2016, 13:39

klaud_litah
Supostamente a Nintendo estava la vinha no folheto da programação mas era so aquele cantinho com consolas. Mas houve mais alem disso. A antestreia do ep do Pokemon XYZ, o torneio mundial de cosplay (mas os cosplayers deste ano eram muito fracos), o concerto, o stand da sony para experimentar o VR (e que é muito melhor do que pensava). De qualquer forma não é um evento para gamers mas sim para quem gosta de anime, cosplay e cultura japonesa.

O evento tinha boas apostas teve foi uma organização de beleza.E nota se que algumas lojas principais japonesas já deixaram de marcar presença. Acho que a grande aposta deste ano vai ser a comic con.

Para mim a pior escolha foi o espaço. Estava tudo tao dividido e afastado que era impossivel ver tudo. No espaço em gondomar dava para ver o palco principal de qualquer parte do recinto.
Acho que nem a organização sabe que evento é que está a organizar. Um evento que se diz de cultura japonesa não pode ter um foco tão grande em LOL e youtubers genéricos. Cada edição que passa aproxima-se cada vez mais dos moldes do LGW.
#3 klaud_litah

10 de Outubro, 2016, 14:06

Engracado que eu nem sequer entrei na sala da rtp onde foi o torneio. O torneio foi numa sala a parte nao teve qualquer impacto no evento. O palco que estava na sala da nintendo e do pandabiggs nao era de lol era dos FTW e foi torneio de overwatch e como foi patrocinado pela marca para a qual trabalho e pela steelseries nao me posso pronunciar muito sobre ele. Mas a parte engracada é que o mesmo stand tinha outra area no piso de cima onde ficavam os FTW a dar autografos etc e tinha Pokken para as pessoas jogarem, nao sei se o torneio foi la mas tinha la alguem da staff da Nintendo. E o youtuber, pelo menos de sabado, esteve num stand junto ao espaco da sony de manha tipo num sitio super discreto e sem publicidade. Os youtubers deram apenas autografos e fizeram workshops pequenos tal como houve um de funko pop etc. Atrai mais pessoas mas nao é foco. Eu nao fiquei com essa sensacao ate porque ninguem quis saber deles. O foco do IA é e sempre foi o World Cosplay Summit.

Mas não percebo como achas que isto foi um evento de LOL quando o torneio foi no cu de judas numa sala a parte. Moldes do LGW e quase não havia jogos nem youtubers no evento. Foram 3 youtubers, 4 consolas de overwatch, para ai mais 4 de smash, 1 de Pokken e 3 retro...
#4 neveda

10 de Outubro, 2016, 14:19

Neste momento estou numa cidade que organiza um real evento de cultura japonesa.

Eu falei de acordo com as press releases que recebi. O destaque aí era obvio. Também de opiniões de pessoas que têm ido ao Iberanime ao longo dos anos. Eu também já fui. Há uma aproximação gradual aos moldes do LGW descaracterizando a ideia de festa da cultura japonesa.
#5 Sergio Dias

10 de Outubro, 2016, 17:38

O neveda tem toda a razao. O iberanime agora com a comicon vai perder e muito, e se continuarem em ser uma mini comicon entao desaparece de vez. Os cosplays que ainda sao das melhores coisas destes eventos 70% sao de LOL, e agora vêm os youtubers (que por acaso nao me incomodam) ganhar mais destaque. ou o iberanime muda para se diferencar da comicon ou entao que terminem, quem vai a ambas ja sabe que o que esta no iberanime vai estar na comicon.
#6 klaud_litah

10 de Outubro, 2016, 18:06

Precisamente o contrario...a comic con em portugal chegou depois e veio roubar a exclusividade do iberanime que era o unico evento do pais do genero porque em vez de se focarem em bd, comics e tv series etc generalizaram pelo mesmo preco do bilhetes metem tudo la para dentro desde anime a jogos, etc...era suposto um ser evento de anime e outro de comics e afins.
Não era suposto serem dois eventos concorrentes. Era suposto haver mercado para os dois ou para os 3 se contarmos com o LGW mas a comic con obviamente que arrasa os dois porque o orçamento é maior e o nome tem impacto.

A juntar a isto nao ajuda os gajos do IA todos os anos aumentarem o preço do bilhete. Isto começou por custar 12€ no primeiro ano ou menos se o pessoal compra se com alguma antecedencia mas agora custa tanto como a comic con. Obvio que as pessoas que so podem ir a um escolhem a comic con porque pelo mesmo preço tem outra dimensao. Ainda assim houve pessoal que o ano passado queixou se na mesma da comic con por isso...e para as lojas e marcas a comic con começa a ser melhor negocio que o IA porque tem mais visitantes, o que tambem prejudica o evento porque perde os apoios e patrocinios que tinha.


E dentro do IA, para um evento que começou no porto, tambem se nota que a Manz ta a investir so no de lisboa e que já nao querem saber do norte. Por isso talvez para o ano ou daqui a 2 anos já nao exista IA, no norte pelo menos.
#7 Nosferato

10 de Outubro, 2016, 18:44

Só tive pena de não ter visto o Baby Face ao vivo :(
#8 fabio00

10 de Outubro, 2016, 19:30

Adorava ir a estes eventos mas para mim fica demasiado caro...
Os que são em Lisboa até dava para ir mas como ainda nem posso tirar a carta só os transportes são um balurdio.
Talvez para o ano quando tiver carro :pobre:

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.