icone de

NOTÍCIA


"Não existem planos" para Netflix na Nintendo Switch

Pelo menos para já.

SWITCH

Por Nuno Nêveda a


13

Nuno Nêveda, Redactor Chefe

Fã de hábitos alimentares saudáveis, consta que implementou dietas rigorosas aos colegas de equipa. Quando não anda atrás de uma balança, costuma implorar por um novo F-Zero. E quem lhe tira uma partida de FIFA, tira-lhe tudo.

13 Comentários...

#1 niko_pt

15 de Janeiro, 2018, 13:39

Triste notícia.
#2 Nosferato

15 de Janeiro, 2018, 15:47

Honestamente? Não vejo grande necessidade. A consola serve para jogar. Seria um extra porreiro, mas seria apenas isso. Esta coisa de quererem tornar as consolas sempre em centros de multimédia é tão meh. Estamos na era dos smartphones, qual é a necessidade de sobrecarregar as consolas caseiras/portáteis com mais porcaria? Obviamente que o ideal seria ter pelo menos a opção de instalar, mas não se perde nada verdadeiramente relevante.
#3 Rony G

15 de Janeiro, 2018, 15:55

@Nosferato noutra consola concordaria contigo, mas no caso a Switch é diferente. porque tu poderias ir para um hotel, ou onde quer que tivesses internet e ver as tuas séries ou filmes na mesma. se fosse uma consola fixa, então aí sim estaria de acordo contigo. Não há ninguém que tenha netflix que não tenha já ligado à tv um aparelho (ou mais) que lhes dê acesso ao mesmo.
#4 Hell Soul

15 de Janeiro, 2018, 16:53

Para isso há portáteis, tablets e smartphones. Seria conveniente? Seria, mas há aqui um certo interesse, que acho até que já foi assumido pela própria Nintendo, de que a consola seja usada exclusivamente para jogar. O que é inteligente dado que a própria Netflix é concorrência para a Nintendo dentro do mercado casual. Pôr mais pessoas a jogar implica que elas se esqueçam que podem estar a fazer outras coisas como ver séries.
#5 kaishonachi

15 de Janeiro, 2018, 17:16

Não é algo essencial e há muitos outros aparelhos para o efeito, verdade, mas não deixava de ser um extra apelativo. Especialmente com a opção de transferir os episódios/filmes para os poder ver offline. Com o tamanho de ecrã da Switch face a boa parte dos telemóveis existentes no mercado e com o tempo perdido por muita gente nas deslocações diárias para o trabalho em transportes públicos, a existência desta e de outras aplicações do género seria mais um incentivo à utilização da consola. A Nintendo foca-se e bem no acto de jogar mas, para o bem e para o mal, já não vivemos na era dos 16bit e as pessoas esperam (pelo menos é a percepção que eu tenho) mais de uma consola do que simplesmente a capacidade de jogar videojogos. Penso que a Nintendo faria bem em apostar um pouco mais neste campo. É que, se formos a ver, até a 3DS tem uma aplicação de Youtube e a Switch, nada.
#6 Filipe Padrão

15 de Janeiro, 2018, 17:25

Quero mas é a porcaria de um virtual console com tudo :ahhh: ... SIM TUDO !!! :cry:Nes,SNES, GB, GBA, (vá vou tirar as DS´s todas) :cigar: , N64, GameCube, Wii ... WII U já temos ports INCOMInG !!!

WHO IS WITH ME ?!? :hmm::enfim:

:fixe2::fixe2::fixe2:
#7 Shiny

15 de Janeiro, 2018, 17:26

Who cares?
#8 niko_pt

15 de Janeiro, 2018, 17:35

Para mim seria benéfico, por esta ordem: youtube; ign; netflix. Não é fundamental mas seria porreiro.
#9 Hell Soul

15 de Janeiro, 2018, 18:06

kaishonachi
Com o tamanho de ecrã da Switch face a boa parte dos telemóveis existentes no mercado e com o tempo perdido por muita gente nas deslocações diárias para o trabalho em transportes públicos, a existência desta e de outras aplicações do género seria mais um incentivo à utilização da consola.
Mas repara, com o apelo mainstream que a consola está a ter é um perigo imenso que os jogadores mais casuais comecem a usar a consola para ver outros conteúdos. Nessas cabeças voláteis passar do começo ao hábito é um passo de bebé, e a Nintendo seguramente não quer a Switch vista como a máquina de ver Netflix e Youtube nº 201.

Muitas DS e Wii foram vendidas a pessoas sem qualquer interesse em jogos que não tinham mais do que a instintiva curiosidade de experimentar o gimmick. Com a Switch é diferente, e é por isso que acho que o sucesso que está a ter é bem mais surpreendente. A consola não tem mais nenhum atrativo a não ser o encaixe dos jogos na vida do cidadão comum: as pessoas querem jogar. É por isso que acho que é melhor que não lhes ofereçam distrações, e acredito que não vai acontecer tão cedo.
#10 orochi

15 de Janeiro, 2018, 18:42

Netflis bah...metam um simples browser that is all!
#11 neveda

15 de Janeiro, 2018, 18:52

Hell Soul
Para isso há portáteis, tablets e smartphones. Seria conveniente? Seria, mas há aqui um certo interesse, que acho até que já foi assumido pela própria Nintendo, de que a consola seja usada exclusivamente para jogar. O que é inteligente dado que a própria Netflix é concorrência para a Nintendo dentro do mercado casual. Pôr mais pessoas a jogar implica que elas se esqueçam que podem estar a fazer outras coisas como ver séries.
Tenho séries dúvidas que seja a Nintendo a evitar isso. Já existem apps de streaming na Nintendo Switch.

Provavelmente a Netflix não deve achar a Switch uma mais valia para o seu serviço, até porque já está em todo o lado.
#12 Hell Soul

15 de Janeiro, 2018, 19:31

Nem me tinha apercebido que a Hulu já tinha app na Switch, tinha ideia que era só o NicoNico no Japão. My bad.
#13 kaishonachi

15 de Janeiro, 2018, 19:51

@Hell Soul Os jogadores casuais, como todos nós, têm igualmente outros aparelhos onde também podem usar esse tipo de aplicações. Se estamos a falar de um público que pouco ou nada acompanha o mundo dos jogos e que adquiriu a Switch por alguma das suas particularidades, nomeadamente a sua portabilidade e transição entre modos, essas mesmas particularidades não desaparecem com o alargar do âmbito de possibilidades da consola. Basicamente o que estou aqui a defender é um maior poder de escolha em como usar a Switch. Não acho que a Nintendo deva mudar a maneira como publicita ao público a consola, simplesmente alargar um pouco o que esta oferece. Mas bom, a consola ainda está na sua infância, num futuro breve deve haver novidades neste campo.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.