icone deDonkey Kong Country: Tropical Freeze

ANÁLISE


Donkey Kong Country: Tropical Freeze

Um jogo cheio de ritmo!

SWITCH

Por Sérgio Mota a


Nota
9
Excelente

Sérgio Mota, Redactor

Entusiasta de projectos indie mas não recusa um clássico de Link ou Mário. Uma vez enquanto jogava uma namorada sussurrou-lhe ao ouvido "vamos jogar algo a dois?" ao que ele respondeu que só tinha um comando... a namorada nunca mais voltou pelo que agora possui sempre dois comandos nas suas consolas.

6 Comentários...

#1 fabio00

10 de Maio, 2018, 21:19

Boa análise @Sérgio Mota.
Só trocava o 9 pelo 10, ainda sabe a pouco :(
#2 niko_pt

10 de Maio, 2018, 21:28

Boa análise @Sérgio Mota , parabéns.

Eu por acaso não dou muita importância ao funky mode.
#3 Nakah

11 de Maio, 2018, 02:55

Ainda tenho em backlog na Wii U.

Aproveitei quando a versão selects saiu e as normais andavam baratas.

Não creio que a adição de um modo super easy justifique a compra.
#4 niko_pt

11 de Maio, 2018, 20:49

Estou agora a tentar completar tudo, ainda estou no mundo 2. Aquela cena do time atack que dá o simbolo DK é obrigatória? Sempre achei aquilo um bocado retardado...
#5 manelis

11 de Maio, 2018, 20:53

obrigatoria em que sentido? Para ver todos os níveis do jogo apenas precisas das letras KONG.
#6 niko_pt

12 de Maio, 2018, 11:33

Pensei que o DK desbloqueasse alguma coisa, tenho estado só a fazer o kong e as imagens.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.