icone deResident Evil 7 anunciado para a Nintendo Switch

NOTÍCIA


Resident Evil 7 anunciado para a Nintendo Switch

Mas apenas em versão Cloud.

SWITCH
ESHOP

Por Nuno Nêveda a


66

Nuno Nêveda, Redactor Chefe

Fã de hábitos alimentares saudáveis, consta que implementou dietas rigorosas aos colegas de equipa. Quando não anda atrás de uma balança, costuma implorar por um novo F-Zero. E quem lhe tira uma partida de FIFA, tira-lhe tudo.

66 Comentários...

#16 ze_samot

21 de Maio, 2018, 22:42

A Capcom arranja sempre maneira de surpreender...
#17 silver_ryder

22 de Maio, 2018, 15:08

Bernkastel
Que parte de pessoal a queixar-se que a Switch deles apanha muito pior que aparelhos no mesmo sítio não entendeste...

E não é por não teres problemas que eles não existem. Olha, a minha 360 nunca mandou RROD.
Sim, porque o meu router se possuir capacidade wireless de norma B/G/N/AC e se tiver um aparelho que apenas capta norma B/G e outro aparelho ao lado com capacidade N/AC é em tudo igual nas mesmas condições...!

A Switch possui norma N, isto é com router que transmite em norma N é possível ter melhor NET que por cabo em muitos casos...!

Mas adiante!
#18 Rony G

22 de Maio, 2018, 19:43

1- se meterem ethernet vão ter NET mais lenta que por WiFi. (Tem a ver com as portas da switch, apesar de serem USB 3.0 apenas estarem a funcionar a 2.0 devido ao SO)

2- a switch tem os mesmos problemas de WiFi que todas as consolas Nintendo. É preciso saber meter o router em modo de gaming e abrir-lhe as portas. De resto? O sinal na minha switch de lançamento é idêntico ao de qualquer outro aparelho de idêntico tamanho. Claro que o meu portátil apanha melhor, mas a antena dele tem quase 3vezes o tamanho da switch... Não há milagres

3- eu gosto da ideia do aluguer da Capcom. Este é o estilo de jogo que jogaria uma vez. 20€ para acabar o jogo com todos os dlc's ??? Sai-me mais barato que comprá-lo.

4- a partir de agora, se isto funcionar bem QUALQUER JOGO com grafismo IGUAL ao de uma xone pro corre na switch em modo docked.

Ficamos. Com o melhor de 2 mundos, já que em Portugal a internet é, em geral, boa.
#19 gusema

22 de Maio, 2018, 23:02

Nightwatch
Que roubo, até me surpreende haver gente a defender isto, 15€ mais mal gastos de sempre não pelo jogo mas por ser alugado, isto é jogar a mão ao bolso dos consumidores sem vergonha, pior é se a moda pega, boicote mas é.
Não percebo qual é o problema, ainda há 10 anos atrás ninguém se importava de alugar filmes, não vejo problema nenhum em alugar jogos.

Ainda para mais estamos a falar de uma redução de mais de 60% do preço do jogo. Se fosse a 30€ ainda concordava que era exagerado mas a este preço parece-me um excelente negócio. E isto é um aluguer de 6 meses, por um tipo de jogo que se acaba num fim de semana. Mesmo que por algum motivo queira jogar o jogo durante 1 ano inteiro pagaria 30€ para o ter no lançamento, metade do que pagaria por ele a comprar.

A verdade é que comprando fisíco ainda se pode vender mas digital nem isso. Não devo ser o único que tem uma pilha de jogos digitais parados onde nunca mais vou tocar porque não têm replay value. Se pudesse bem que os tinha alugado.

Eu só tivesse uma Switch alugava no dia de lançamento.
#20 BraveBold

23 de Maio, 2018, 01:00

Não vejo mal nisto tambem

A jogos que comprei a 50 euros que mais valia ter alugado a 15euros

180 dias de jogos é mais do que suficiente para acabar muito jogo que depois nem lhes pomos mais as patas em cima
#21 silver_ryder

23 de Maio, 2018, 09:02

15€ nem parece ser elevado, mas de facto é, isto porque para mim este modelo de negocio não pode ser feito nestes moldes de uma subscrição = a um jogo, na minha opinião está a ser aberta a caixa de pandora na switch...!

Eu não vou participar neste modelo de negócio nos moldes apresentados, se me querem alugar videojogos quero subscrição "à lá netflix"...!
#22 G.E.R.M.A.N.

23 de Maio, 2018, 11:05

Exacto, a ser seria algo género Netflix. 15€ acho muito caro.
#23 Rony G

23 de Maio, 2018, 12:49

G.E.R.M.A.N.
Exacto, a ser seria algo género Netflix. 15€ acho muito caro.
Why not both???

o sistema netflix ou ficaria caríssimo ou seria só para jogos antigos pois para novos não seria viável (pelo menos os AAA) já este sistema poderia servir para jogos novos...

claro que não sei até que ponto poderiam ser jogos muito novos, pois depois arriscavam-se a que todos alugassem mais barato e puff... lá se ia o lucro.

Basicamente nos jogos, a haver um sistema tipo netflix, nunca seria só um, pois os grande players só teriam lucro se cada um deles tivesse o seu próprio sistema... e estão a ver como os custos disso ficariam para os jogadores, certo??
#24 Bernkastel

23 de Maio, 2018, 13:18

Já ouviste falar no Xbox Game Pass rony gatos? :p
#25 Zetsu

23 de Maio, 2018, 13:43

^ Isso é tipo Playstation Now? Quanto é?

Isto do jogo ser 15€ de forma isolada é um opção válida, embora também ache que mais valia ser agregado a um serviço de subscrição, se a Switch tivesse um isto é. A cena do streaming é que deve ser unsafe se o jogo para de carregar por falta de net, nunca experimentei, mas imagino.

Em digital prefiro qualquer serviço de subscrição a ter que comprar o jogo. As lojas digitais extintas da DSi e Wii são um exemplo de como não vale a pena comprar digital a partir de determinados valores, só mesmo alugar.
#26 Bernkastel

23 de Maio, 2018, 13:46

Acho que era dez doleta por mês mas eram alguns 100 e tal jogos e os exclusivos 1st party iam para lá no primeiro dia. Se tivesse One se calhar assinava.
#27 neveda

23 de Maio, 2018, 13:47

O Game Pass não é por streaming. Fazes download como qualquer outro jogo digital. São €10/mês com acesso a mais de 100 jogos (vão entrando e saindo alguns todos os meses) e agora com todos os first party day one.
#28 Zetsu

23 de Maio, 2018, 13:51

Pois o PSNow não deve ser assim, não estou a ver o God of War 4 a estar day 1 num serviço desses lol
Na Xbox deve ser mesmo porque tem poucos first party :P
#29 neveda

23 de Maio, 2018, 13:53

Ainda ontem saiu o State of Decay 2. E o Now é serviço de streaming.
#30 Blair

23 de Maio, 2018, 14:00

A Xbox One também tem o EA Access, um serviço no mesmo molde com passe anual de 25€.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.