icone deChild of Light: Ultimate Edition

ANÁLISE


Child of Light: Ultimate Edition

Um belo conto de fadas.

SWITCH
ESHOP

Por Nuno Nêveda a


Nota
7
Bom

Nuno Nêveda, Redactor Chefe

Fã de hábitos alimentares saudáveis, consta que implementou dietas rigorosas aos colegas de equipa. Quando não anda atrás de uma balança, costuma implorar por um novo F-Zero. E quem lhe tira uma partida de FIFA, tira-lhe tudo.

4 Comentários...

#1 Nosferato

30 de Outubro, 2018, 13:11

A história meia genérica e o combate um pouco desinteressante foram motivos suficientes para abortar a jornada. Tornou-se bem chato em pouco tempo.
#2 neveda

30 de Outubro, 2018, 13:16

Não acho o jogo chato, mas fiquei algo desapontado com esta versão. Por isso leva este 7.
#3 G.E.R.M.A.N.

30 de Outubro, 2018, 13:21

Eu não acho o combate desinteressante, tem um cheirinho a Grandia e afasta-se do típico jrpg que é só carregar no A. Eu terminei-o num dia na altura, gostei muito.
#4 Nosferatus

30 de Outubro, 2018, 20:22

Eu comprei no lancamento na Wiiu. Embora não seja nenhum colosso de rpg, a sua simplicidade geral, combina muito bem com os visuais de aguarela e a música de embalar. E no geral um bom jogo e que vale bem o preço.
Esta versão se tem problemas é uma pena , mas quem não tiver outra hipótese que não deixe passar a oportunidade.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.