Nuno Nêveda, Redactor Chefe

Fã de hábitos alimentares saudáveis, consta que implementou dietas rigorosas aos colegas de equipa. Quando não anda atrás de uma balança, costuma implorar por um novo F-Zero. E quem lhe tira uma partida de FIFA, tira-lhe tudo.

5 Comentários...

#1 neveda

1 de Novembro, 2018, 10:25

pode começar o hype e falta pouco mais de um mês para o jogo ser lançado.
#2 Spirit

1 de Novembro, 2018, 13:54

Esta quase
#3 Spirit

1 de Novembro, 2018, 15:37

Fui só eu que fiquem empolgado com o modo aventura?
#4 BraveBold

1 de Novembro, 2018, 17:03

Isto tem mais conteúdo per si que todos os jogos de luta desta geração todos juntos :S

Ver se o Sakurai consegue balancear isto tudo bem
#5 Bacx

1 de Novembro, 2018, 20:12

Deixou um sabor agridoce este Direct.

A nível de personagens estava à espera de uma que fosse mais bombástica para ser a surpresa final, ainda que o número de novas que mostraram hoje era o que contava e duas delas também eram as que contava. Basicamente se em vez da Piranha Plant (que até acho interessante como personagem WTF) fosse o Banjo ou algo assim teria ficado 100% satisfeito. No entanto, acho o plantel super bom no geral e suponho que o DLC deve ter personagens de outras empresas tal como o Wii U até porque fica mais rentável e fácil de fazer um acordo de licenciamento.

Depois o modo Spirits foi mostrado de uma forma estranha ainda que depois o anúncio final do World of Light tenha feito tudo fazer sentido. A nível de Adventure Mode era mais ou menos que esperava (mapa para explorar, elementos RPG e batalhas customizadas com Assist Trophies e Bosses) mas pela forma como falaram vai haver menos historia e cutscenes do que gostaria para coser este modo e isso estará a cargo da nossa imaginação. Penso que para além da abertura CG a única outra sequência de vídeo vai ser o final

O modo Online tem boas novidades como matchmaking baseado no ruleset favorito e sistema tradicional de lobbies, tanto publico como privado, mas terem morto listas de jogo dedicada não é boa ideia assim como terem mantido o mesmo sistema de ranking do Smash Wii U. Podiam ter expandido um pouco mais opções e modos online.

Talvez o mais despontante é terem provavelmente cortado vários modos para um jogador. Não falaram de Home Run Contest, Break the Targets, Board the Plataforms, Eventos, Master Orders e Crazy Orders (estes devem ter sido integrados no Spirits Mode o que é compreensível). Preferia o sistema antigo do All-Star Mode e o Classic Mode parece simplificado em relação ao da Wii U que tinha o sistema de intensidade do Uprising e diferentes fases da Master Hand Battle. O fim dos Trophies também é uma pena mas compreensível e o próprio Sakurai reconheceu isso.

Também foi cortado o Stage Builder, Masterpieces, Smash Tour e Smash Run mas acho que eu nem ninguém vai sentir falta destes modos.

Não deixa obviamente de ser compra certa e o meu jogo mais esperado do ano mas podia ser ainda melhor.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.