icone deA ascensão dos jogos indie

CRÓNICA


A ascensão dos jogos indie

Uma força cada vez mais dominante.

GERAL

Por Tiago Marafona a


16

Tiago Marafona, Redactor

O maldisposto da equipa. Um autêntico fã de RPGs japoneses e um belo apreciador de jogos de plataformas. Recentemente tornou-se um especialista de jogos de dança e de música.

16 Comentários...

#16 neveda

26 de Janeiro, 2019, 18:08

Na minha opinião não existem assim tantos indies de top. Existem alguns realmente muito bons, mas há imensa coisa que é average ou com conceito demasiado semelhante.

Ao contrário do cinema, a critica e o consumidor ainda tem alguma ligação. Um jogo com boa aceitação junto da critica costuma ser bem aceite e mais conhecido pelo publico. No cinema esses dois mundos tendem a estar demasiadas vezes de costas voltadas.

O videojogos têm também canais de promoção mais facilmente delineados. Canais publicitários tradicionais, critica/sites, comunidades/redes sociais, streamers/youtubers. São canais que não são estanques. Muitas vezes interagem-se si.

O cinema, com industria centenária, tem uma diversidade de oferta e canais de distribuição e promoção muito variados. Tem alguns círcuitos que ainda são muito fechados sobre si mesmos também. Muitas produções locais, etc. Acho muito mais complicado conhecer todas as produções indie interessantes no cinema que nos videojogos.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.