icone deGamescom 2019 - A maior celebração mundial da cultura dos videojogos

ARTIGO


Gamescom 2019 - A maior celebração mundial da cultura dos videojogos

A quinta edição com a presença do FNintendo.

GERAL

Por João Dias a


9

João Dias, Corrector

Exilado desde há vários anos, tem como função traduzir as análises e artigos para língua de gente. Um dia, durante a adolescência, apanhou as 120 estrelas de Super Mario 64 num só dia. Não fez nada de jeito desde então.

9 Comentários...

#1 Nosferato

26 de Agosto, 2019, 19:41

Começa a dar um apetite danado de ir passar férias à Alemanha, principalmente em período de Gamescom.
#2 Yggdrasil

26 de Agosto, 2019, 19:56

Falando a sério, eu acho que vou escrever um guia da gamescom a pensar em visitantes vindos de Portugal. Não um artigo com impressões mas um guia com informações logísticas, dicas, orientações, etc.
#3 Nosferato

26 de Agosto, 2019, 20:00

Isso seria óptimo, porque já estive a pensar seriamente em ir daqui a dois anos lá.
#4 Yggdrasil

26 de Agosto, 2019, 20:08

Lembrei-me disso mesmo antes do primeiro dia, espero que também sirva para parecer algo menos impossível - com um pouco de planeamento e organização é possível sem gastar uma fortuna.
#5 BraveBold

26 de Agosto, 2019, 22:20

Granda ideia
Era rapazinho para ir la tambem daqui por 2 ou 3 anos com o filho e a mulher
A Disneyland do papa :p
#6 Yggdrasil

26 de Agosto, 2019, 22:24

Não haja dúvidas, tem o seu quê de Disneyland (mas mais divertido).
#7 BraveBold

26 de Agosto, 2019, 22:25

Ja agora @Yggdrasil quando referes que a gamescon "estabeleceu-se como o maior evento mundial da indústria dos videojogos."
quer dizer que tem mais participantes e visitantes que a E3?!?!
#8 Yggdrasil

26 de Agosto, 2019, 22:41

Sempre teve - a E3 nunca foi um evento "de massas", por assim dizer, foi sempre voltada para a indústria.

A primeira Gamescom teve cerca de 240 000 visitantes (depois da Games Convention de Leipzig ter tido 200 000 na última edição em 2008). Acho que a E3 nunca passou dos 70 000.

Nós é que achamos, por ideia pré-concebida, que um evento de jogos na Europa nunca seria o maior do mundo.
#9 Yggdrasil

26 de Agosto, 2019, 22:45

E esse é em parte um dos motivos que me leva a querer escrever um guia sobre a GC - há muitas pessoas a pensar que é uma versão europeia da E3, eu nunca estive na E3 mas por aquilo que eu sei não são eventos comparáveis. A E3 é um evento onde se apresentam jogos e hardware novos, a gamescom é uma coisa muito mais abrangente, não significa que a E3 não seja relevante (continua a ser um marco) mas o verdadeiro 'festival' do mundo dos jogos é a gamescom.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.