icone deNintendo está a pensar numa nova estrutura de negócio

NOTÍCIA


Nintendo está a pensar numa nova estrutura de negócio

Garantia dada por Satoru Iwata.

GERAL

Por Nuno Nêveda a


4

Nuno Nêveda, Redactor Chefe

Fã de hábitos alimentares saudáveis, consta que implementou dietas rigorosas aos colegas de equipa. Quando não anda atrás de uma balança, costuma implorar por um novo F-Zero. E quem lhe tira uma partida de FIFA, tira-lhe tudo.

4 Comentários...

#1 _GM_

17 de Janeiro, 2014, 22:37

Há quem diga que a Nintendo vai passar a fazer alguns jogos nos smartphones e tablets... coisa que não me agrada lá muito.

Eu não diria que a solução está nas plataformas mobile. Eles que façam como fizeram com a 3DS e metam jogos que a malta quer.
#2 AyaBuza

18 de Janeiro, 2014, 12:23

A única hipótese que vejo, é usarem algumas das suas franquias nos smartphones, como uma espécie de aperitivos, para depois aliciarem esses utilizadores aos verdadeiros jogos nas suas consolas.
#3 Saikyou

18 de Janeiro, 2014, 18:58

Lançarem as suas jóias antigas da NES, SNES e N64.

Ver a Nintendo a desenvolver jogos para plataformas que não a sua é algo que como fã não gostaria de ver. No entanto, se é para o bem estar financeiro da empresa é algo perfeitamente normal de acontecer.

Acho que por enquanto precisam de concentrar-se em resolver o problema chamado Wii U e continuarem fortes na 3DS.
#4 Nosferatus

19 de Janeiro, 2014, 03:05

Concordo com o colega lá em cima. Imagino-os a fornecerem algum tipo de conteúdo interativo para os androids e ios desse mundo, de forma a criar interesse nas suas franquias, o que por sua vez leve a investir nas suas consolas.

Que tipo e conteúdos serão? Jogos nes? é possível. encaixavam dinheiro rápido, mas não iriam causar um grande interesse nas consolas atuais. Seria retro gaming.

Acho que o miiverse pode ter um papel importante, assim como uma espécie de demos de alguns jogos ou coisa do género do Nes remix, mas com jogos mais atuais ou algo assim.

Apostarem em party games pra tlms ou tablets parece-me um caminho mais seguro para atrair o mercado casual de novo... ou pelos menos alguma parte dele. Isso gerava dinheiro das duas formas.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.