icone deCapcom considera Ultra Street Fighter II: The Final Challengers um sucesso de vendas
34

Nuno Nêveda, Redactor Chefe

Fã de hábitos alimentares saudáveis, consta que implementou dietas rigorosas aos colegas de equipa. Quando não anda atrás de uma balança, costuma implorar por um novo F-Zero. E quem lhe tira uma partida de FIFA, tira-lhe tudo.

34 Comentários...

#16 Bacx

28 de Julho, 2017, 22:48

Bernkastel
Não serviu porque a Wii U não vendeu um corno. O USF2 saiu no boom de lançamento da Switch.



Não é como se o casual tivesse ficado pelo 4. O casual joga o que há na altura, deve ser para aí o Injustice agora... lulz.
Irrelevante as vendas finais da Wii U. Pela altura do lançamento do W101 tinham sido vendidas perto de 3,9 milhões de Wii Us vs menos de 4,74 milhões de Switches pelo lançamento do USF 2. Mas posso ir buscar outros exemplos de jogos que venderam mal na Wii U no lançamento desta.

O casual podia voltar a jogar SF V se lançassem uma versão em condições com marketing para o público certo.
#17 Bernkastel

28 de Julho, 2017, 23:59

niko_pt
@Bernkastel , eu e muita gente, comprámos o USF Switch no lançamento por €27, com o desconto da reserva e promo no ECI, õ jogo não devia de custar mais de €20/€25.
Fazer uma parvoíce sozinho ou com muita gente é igual.
#18 Bernkastel

29 de Julho, 2017, 00:03

Bacx
Irrelevante as vendas finais da Wii U. Pela altura do lançamento do W101 tinham sido vendidas perto de 3,9 milhões de Wii Us vs menos de 4,74 milhões de Switches pelo lançamento do USF 2. Mas posso ir buscar outros exemplos de jogos que venderam mal na Wii U no lançamento desta.
Está longe de ser irrelevante, é preciso ter em conta o momento da consola, não apenas os números. Quando uma consola está "quente" como a Switch esteve no lançamento e voltou a estar agora com o Splatoon 2, a venda de software também aumenta. Por exemplo, a Marvelous escolheu lançar o port do Fate Extella no mesmo dia que o Splatoon 2 e acabou por vender muito melhor do que toda a gente esperava. O Splatoon é a razão para este boom mas não é o único jogo que beneficia.

A Wii U nunca teve o hype que a Switch está a causar e os seus jogos sofreram por causa disso.
#19 hukimuki

29 de Julho, 2017, 09:48

O jogo é bom e pelo marketing que foi feito, pelo menos aqui em Portugal, apela aos casuais. Pessoal que está com os seus 30, 40 anos e está a comprar a Switch. Estou a falar de pessoas que não jogam um Street Fighter provavelmente desde o 2, quando andavam pelas velhinhas casas de Arcade. Essa malta não quer saber do 4 muito menos do 5, e muito menos anda preocupada com os gráficos. São pessoas que neste momento trabalham têm mulher. filhos etc.
Eu comprei o jogo e ele faz o que promete. Se há outras opções melhores? Provavelmente... Com um marketing bom, numa consola que está "hot" para os demais públicos? Não.
#20 G.E.R.M.A.N.

29 de Julho, 2017, 11:40

Eu neste não devo tocar, mas devo perder ainda umas boas horas na versão que vem na SNES Mini.
#21 niko_pt

29 de Julho, 2017, 13:05

Bernkastel
Fazer uma parvoíce sozinho ou com muita gente é igual.
Tenho de começar a consultar o Nitori antes de comprar jogos... Para não fazer parvoices sozinho ou em grupo!

Neste caso a sorte é que me diverti à brava a jogar USF na Switch, aliás ainda me divirto.
#22 Bernkastel

29 de Julho, 2017, 13:48

Se eu comprar um iô-iô por 500 aérios provavelmente também me divirto, não deixo de ser urso por ter comprado algo que há aí a cagalhão e muito mais barato em tudo quanto é lado.

Podes consultar, tens a minha autorização.
#23 Nakah

29 de Julho, 2017, 13:58

Eu não comprei, mas.obrigado a quem gastou dinheiro por mim se isso significar bons jogos da Capcom na Switch.

Talvez MH novo ou Resident Evil. Não consigo pensar em mais nada tbf.
#24 Bacx

29 de Julho, 2017, 14:17

Bernkastel
Está longe de ser irrelevante, é preciso ter em conta o momento da consola, não apenas os números. Quando uma consola está "quente" como a Switch esteve no lançamento e voltou a estar agora com o Splatoon 2, a venda de software também aumenta. Por exemplo, a Marvelous escolheu lançar o port do Fate Extella no mesmo dia que o Splatoon 2 e acabou por vender muito melhor do que toda a gente esperava. O Splatoon é a razão para este boom mas não é o único jogo que beneficia.

A Wii U nunca teve o hype que a Switch está a causar e os seus jogos sofreram por causa disso.
O Hype não explica tudo, as pessoas não vão comprar o que não têm interesse porque a consola tem boa fama. O hype pode ajudar à consola e certos jogos terem mais visilibdade, mas isso não garante vendas. O Software tem de ser minimamente apelativo, assim como o público receptivo a esse tipo de software. Isto tudo só prova mais uma vez que a infame teoria de que as 3rd parties não tem sucesso em consolas Nintendo é falsa. É da competência da Nintendo conseguir garantir o público mais abrangente, mas é da competência dos seus parceiros ter produtos apelativos para esse público. Na Wii U falharam ambos.
#25 gusema

29 de Julho, 2017, 21:47

Nakah
Talvez MH novo ou Resident Evil. Não consigo pensar em mais nada tbf.
Street Fighter, Ace Attorney e Dead Rising.
#26 G.E.R.M.A.N.

29 de Julho, 2017, 21:50

Eish, Viewtiful Joe na Switch :D
#27 Bacx

29 de Julho, 2017, 21:58

Convém é que também sejam jogos novo e não só ports... Farto desta geração onde tudo é port ou remaster, até de jogos que saíram à pouco tempo.
#28 Nakah

30 de Julho, 2017, 01:50

gusema
Street Fighter, Ace Attorney e Dead Rising.
SF precisa de dar provas depois do 5, AA não me diz muito. DR talvez se for mais ao nível do 1 e 2 e menos como o 3. De qualquer maneira DR nunca foi jogo de sair em consolas Nintendo. Tiveste um port horrendo na Wii e pronto.
#29 AyaBuza

30 de Julho, 2017, 21:10

Se saísse o Dragon Ball FighterZ na switch, já ficavam bem aviados para a geração toda.
#30 Bacx

30 de Julho, 2017, 21:25

@AyaBuza Isso não é da Capcom.

Queres comentar? Faz o teu registo aqui.