1. Juntem-se ao servidor de Discord do FNintendo. Juntem-se aqui.

FNintendo Acabei de acabar

Discussão em 'Mundo dos Jogos' iniciada por scab, 23 de Dezembro de 2008.

?

Quantos jogos terminaste durante o mês passado? (Setembro 2019)

  1. Nenhum

    0 vote(s)
    0,0%
  2. Entre 1 e 3

    0 vote(s)
    0,0%
  3. Entre 4 e 6

    0 vote(s)
    0,0%
  4. Entre 7 e 9

    0 vote(s)
    0,0%
  5. Mais de 9

    0 vote(s)
    0,0%
  1. _GM_ Normal Mushroom
    aa

    _GM_
    Mensagens:
    687
    Infelizmente, não tenho como jogar Wind Waker de forma oficial. Não tenho WiiU, e a Wii que tenho é dos modelos sem retrocompatibilidade com jogos Gamecube.
    Oh, e também não tenho Gamecube :P

    Também não vou começar a jogar o BotW, já já. Foram 2 LoZs que acabei de seguida (o Majora's Mask 3D e o Twilight Princess Wii). Quero fazer uma "break" a LoZ por uns mesitos. Mas duvido que até lá, a Nintendo anuncie uma forma de jogar Wind Waker na Switch, seja pela versão HD portada, ou versão Gamecube. Mas tal como já disse, cheguei à conclusão que jogar um Legend of Zelda dificilmente vai prejudicar a experiência de jogar um outro jogo da série.
     
  2. Nosferato Spring Mushroom
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.799
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    [​IMG]

    Terminei o Tales of Vesperia: Definitive Edition com 50 horas e estou muito satisfeito com a oportunidade que lhe dei.

    Gostei muito da história. Há obviamente pontos fortes e pontos fracos, mas diria que no global foi bastante equilibrada, e com algumas revelações importantes mais para o fim da jornada. Ainda assim, vale a penar reforçar que o início é um pouco lento, sobretudo no desenvolvimento das personagens.

    Gostei muito do Yuri, Karol, Patty, Rave, e também da Rita. A Rita, curiosamente passou de uma das personagens que menos estava a gostar, a ficar praticamente lado a lado com a Patty em termos de personagens mais carismáticas do jogo.

    O sistema de combate é muito simples, mas bastante competente. Há muito por onde pegar em termos de estratégia, especialmente se o objectivo for elevar dificuldade ao máximo. Joguei-o em normal do princípio ao fim, e estive sempre bem em sentir o desafio. Ainda assim, houve alguns momentos em que a dificuldade estava claramente desajustada, num mini boss dentro das primeiras cinco horas, e mais uma ou outra situação mais para o meio do jogo. Não foram situações difíceis, apenas se notou imenso que a dificuldade do nada ficou claramente diferente.

    Graficamente continua muito bom. As animações estão magnificas e pensado que se trata de um jogo de 2008 ainda me deixa mais surpreendido com esta obra. Ainda bem que pegaram neste jogo e trouxeram-no novamente para as consolas actuais. Já a banda sonora desiludiu-me um pouco. Não gostei da maioria das músicas, e só começaram a surgir algumas melodias mais interessantes praticamente no fim. Há aqui músicas que não tem ponta por onde se lhe pegue, faltando-lhes alma, energia, um enquadramento correcto com os cenários, etc.

    A longevidade é bastante aceitável. É um jogo à antiga. Terminei com 50, mas tenho a certeza que para o terminar a 100% será necessário praticamente o dobro.

    Sobre a versão especifica da Switch, apesar de estar aqui um trabalho bastante solido, encontrei algumas quebras de fluidez durante alguns cenários mais preenchidos, mas nada de verdadeiramente grave. Durante as batalhas o jogo sempre correu muito bem. Coincidência com o jogo ou não, tive alguns erros de aplicação que levaram à suspensão do jogo por pelo menos quatro vezes. Tenho o hábito de deixar a consola em modo de descanso, e nem sempre gravei o jogo, o que por vezes me levou à perda de meia-hora de jogo. De resto, acho que será escusado dizer que é altamente recomendado.
     
  3. BraveBold Spring Mushroom
    aa

    BraveBold
    Mensagens:
    8.818
    NN ID:
    XenoManso
    Switch FC:
    0916-2960-3113
    Acabei o Octopath Traveller e adorei o jogo
    Muito bom O sistema de combate é muito fixolas
    Gostei de praticamente todas as historias apesar da coesão entre elas ser fraca
    Outro ponto negativo é que nos ultimos chaps dos 3 ou 4 "ultimos" personagens ja estava tão OP que ja nem apresentavam desafio

    Dou-lhe um 9/10

    Proximo é o Vesperia
     
    ze_samot and Ploki like this.
  4. Ploki Bee Mushroom
    aa

    Ploki
    Mensagens:
    3.811
    NN ID:
    Ploki987
    @BraveBold
    Damn, fizeste-me lembrar que ainda tenho o Octopath em standby há quase meio ano. Vai ser o meu proximo TPC.
     
    BraveBold likes this.
  5. lobito180 Normal Mushroom
    aa

    lobito180
    Mensagens:
    595
    Shenmue II terminado.
    Dos três capítulos do jogo, achei o primeiro o mais divertido. Adorei explorar Hong Kong. A última área visitada foi uma boa quebra daquilo que se viu até então. Os combates são fracos, mas não esperava nada de bom depois de jogar o primeiro. Um passo atrás foram algumas QTE cuja visualização não é a melhor e leva a alguns momentos de frustração.
    Ainda assim, gostei bastante do jogo, e que venha o III que já o tenho encomendado!!
     
  6. Nightwatch Normal Mushroom
    aa

    Nightwatch
    Mensagens:
    539
    NN ID:
    Nightwatch90
    Acabei Need for Speed Most Wanted U.
    Fiquei muito desiludido com este jogo, é talvez o pior jogo do género que tenho o que é triste porque adorei o Most Wanted original.
    Indo por partes acho que tecnicamente o jogo é top, gráficos lindos, banda sonora muito boa, controlo dos carros também muito bom, mas depois vai tudo pelo cano graças a más escolhas de design, a começar pelo sistema de progressão sem história e com a maioria dos carros desbloqueados de inicio nem esse incentivo tem, eu até me habituava a este sistema mais arcade se as corridas obrigatórias para completar o jogo (most wanted list) não fossem também as piores do jogo em que 90% das vezes que perco não é por eu bater, nem por o oponente bater no meu carro, mas sim por a policia andar a atrapalhar, isto é o que chamo dificuldade de merd* porque essas corridas em si não são muito mais dificeis que as normais apenas acrescentam lixo para complicar a vida ao jogador, como se não fosse suficiente no fim ainda temos de destruir o carro do oponente para ficar com ele (WTF..).
    É uma pena porque com o que este jogo faz de bem tinham base para fazer um grande jogo não fossem essas escolhas de design.
     
  7. gusema Spring Mushroom
    aa

    gusema
    Mensagens:
    9.763
    Eu joguei o Most Wanted original e gostei de começar já com os carros todos desbloqueados. Em vez de ter de apanhar uma seca desgraçada no inicio com os carros fracos sentes logo a adrenalina ao início. E podes não desbloquear carros mas desbloqueias peças para os mesmos.

    Eu achei as corridas Most Wanted verdadeiramente desafiantes e não frustrantes. O facto de ter a polícia ao barulho acrescentou ainda mais adrenalina às corridas. Não basta ser melhor que o carro adversário como numa corrida normal como também tens de estar sempre atento aos carros da polícia à tua volta. Mas percebo quem preferisse uma corrida 1v1 sem mais nada à volta.

    Para mim foi dos melhores jogos que joguei na Wii U e sem dúvida o melhor de corridas (não que houvesse muitos). O que mais critiquei foi o facto de as corridas serem excessivamente repetitivas.
     
  8. Nightwatch Normal Mushroom
    aa

    Nightwatch
    Mensagens:
    539
    NN ID:
    Nightwatch90
    @gusema eu imaginei que tivesses gostado vi que tinhas muitos pontos no jogo. Eu não consegui mesmo gostar infelizmente, é como disse na minha opinião o jogo faz muito bem principalmente na parte técnica mas a estrutura para mim estraga tudo, principalmente isso da policia nas corridas dos most wanted não posso concordar que sejam desafiantes já que podes fazer tudo bem e levar com carros da policia, parece mais random que outra coisa e mesmo que não fosse não acho que alguém se consiga desviar de spikes por exemplo a alta velocidade, como se já não fosse suficiente os carros dos oponentes não parecem ser afectados por eles, e se te levarem um avanço grande a própria policia só se foca em ti.

    Tem piada é que também estou a jogar Luigi Mansion 2 que também tinha expectativas altas por adorar o primeiro e também não estou a gostar muito por causa do sistema de progressão, antes destes dois jogos acho que não me tinha apercebido que isso era muito importante.
     
  9. gusema Spring Mushroom
    aa

    gusema
    Mensagens:
    9.763
    Pois é uma pena que tenhas desgostado tanto da progressão porque como tu dizes, em termos de jogabilidade e de sensação de velocidade o jogo é incrível.
     
  10. G.E.R.M.A.N. Mega Mushroom
    aa

    G.E.R.M.A.N.
    Mensagens:
    11.032
    Switch FC:
    3057-7639-9495
    Dragon Quest III: The Seeds of Salvation (2014)

    [​IMG]

    Depois do primeiro e segundo jogos, faltava terminar o terceiro para completar a trilogia Erdrick. Depois de ouvirmos tanto falar neste herói ao longo da série, finalmente podemos jogar na sua pele e o terreno foi muito bem preparado, a lenda fez jus à sua popularidade porque esta é de facto uma aventura épica.

    O grafismo e a banda sonora são semelhantes aos jogos anteriores, de qualidade e adaptados aos padrões actuais nesta versão iOS. Na jogabilidade, somos presenteados pela primeira vez na série com um sistema de jobs e podemos ter na nossa party, além do herói, mais 3 personagens que podemos criar, dando-lhes um nome, escolhendo o sexo e respectivo job, de entre 7: Sage, Martial Artist, Mage, Warrior, Priest, Thief e Gadabout. Cada um tem os seus pontos fortes e fracos e existe a possibilidade de trocar de job a meio do jogo, se não estiverem satisfeitos. Eu passei a maioria do jogo com um Mage (óptimo para feitiços de ataque, mas tem pouco HP), um Priest (tem muitos feitiços para curar e não tem tantas limitações de equipamento como o Mage, o que é bom) e um Warrior (muito HP, muito poder de ataque, mas não pode usar magia). É mesmo uma questão de se experimentar a ver o que melhor se adequa a cada um, só aconselho que usem pelo menos dois jobs diferentes e que tenham um Warrior.

    Onde o jogo brilha mais é claramente no setting e aqui aconselho mesmo que joguem os jogos anteriores (ou pelo menos o primeiro) para apreciarem todo o potencial que o jogo tem para oferecer. A aventura passa-se num mundo que faz lembrar o mundo real em tempos passados, com várias nações representadas, mas com nomes diferentes. Portugal, por exemplo, está presente no jogo sob o nome de Portoga e é aí que adquirimos o barco para viajar em alto mar. E é engraçado vermos expressões tugas a serem utilizadas pelos moradores locais como "caramba" ou "mentiroso" pelo meio do diálogo em Inglês.

    O enredo é simples. Existe um vilão, o Baramos, que ameaça destruir o mundo e cabe ao nosso herói, filho do lendário Ortega, juntamente com 3 companheiros que escolhemos como referi anteriormente, derrotá-lo e salvar o mundo da sua ira. Parece de facto o enredo clássico de um jRPG comum, mas aqui existem grandes reviravoltas pelo meio, que não vou spoilar, mas que tornam a aventura completamente épica a partir de certo ponto. Não me admira que muitos japoneses considerem este DQ o seu título de eleição na série, pois imagino que jogar isto nos anos 80, vencer o boss final e ser confrontado com o twist que vem a seguir, deve ter deixado um grande impacto.

    Apesar de tudo, o jogo tem também alguns aspectos menos positivos. Já tinha referido isto no 2º título da saga, mas aqui continuam a existir certas dungeons com design confuso e desinspirado, que são um bocado maçadoras de percorrer. Além disso, senti que neste jogo, os encontros aleatórios são demasiado frequentes, mesmo com o uso de magias para os repelir e o pior é que quase nunca os inimigos nos deixam escapar da batalha, o que acaba por ser muito irritante, mas por outro lado, acabam por não ter de grindar assim tanto, já que o vão fazendo involuntariamente para chegar aos vossos objectivos. Outro aspecto que não posso deixar de mencionar é que o jogo é algo críptico em certas partes, principalmente quando estamos à procura das 6 orbs que são necessárias para reviver o pássaro Ramia, tive de ir procurar uma ou outra vez por um guia online porque não sabia onde tinha de ir, apesar de o jogo dar na maioria das vezes as pistas necessárias se explorarmos bem e falarmos com todos os NPCs.

    De qualquer das formas, é um excelente RPG clássico que vale a pena experimentar por todos os fãs de RPGs, sem dúvida o melhor da trilogia Erdrick. Eu joguei estes 3 primeiros Dragon Quest em formato mobile e volto a recomendar estas versões, belo trabalho que está aqui feito, são excelentes remasters. Este 3º capítulo é o mais caro, mas também compensa porque além de ser o melhor, é também o mais longo. A partir daqui, vou jogar os restantes noutras plataformas (IV, V, VI e IX na DS, VII e VIII na 3DS e XI na Switch), o XI deverá ser provavelmente o próximo agora, já que deverá sair em breve e assim também faço uma pausa na série até lá. 8/10
     
    ze_samot likes this.
  11. Jonnybravo 1-Up Mushroom
    aa

    Jonnybravo
    Mensagens:
    2.279
    NN ID:
    Jonnybravo5
    Acabei 3 jogos do backlog no fim-de-semana passado.

    Nier: Automata (2017) - Tenho pena que não tenha tido mais protagonismo, mas tendo em conta os pesos pesados que saíram nesse ano compreende-se de certa forma. Meti aqui 50 horas (em conjunto com a namorada, que acabou por jogar mais que eu neste total de horas) e valeram muito a pena. Boa história e personagens, músicas excelentes e uma pitada de "weirdness" que resultam muito bem no final. Deixei 1 quest e 1 ending por fazer que implicavam demorar mais umas quantas horas e isso não acrescentaria nada à experiência.

    Journey (2012) - Não tenho grande opinião em relação a esta "viagem". Tinha começado isto há algum tempo, voltei a pegar nele e passei o resto que faltava. Gostei dos visuais e das melodias.

    What Remains of Edith Finch (2017) - Que jogo tão bom. Adorei do principio ao fim e só tenho pena de ter terminado tão rápido. Tudo fluí de forma fantástica com a revelação dos segredos de cada membro da família à medida que a Edith anda pela casa. A minha história favorita é sem dúvida a da estrela de cinema Barbara pela forma como é contada, no entanto, cada uma delas tem os seus pontos altos. Recomendo isto a todos os que queiram passar umas boas horas a saber a história da família Finch.
     
    Ploki likes this.
  12. Jonnybravo 1-Up Mushroom
    aa

    Jonnybravo
    Mensagens:
    2.279
    NN ID:
    Jonnybravo5
    Captain Toad: Treasure Tracker (2015) - Durou umas 12 horas e não é nada de especial, apesar de ter sido divertido q.b. A mecânica da perspectiva esgota-se rápido e apesar de ter feito todas as gems, não fiz os objectivos secundários. Tem alguns níveis muito bons e outros que são um bocado mais do mesmo. A história é praticamente inexistente como é normal neste tipo de jogos.
     
  13. Faamarques Golden Coin
    aa

    Faamarques
    Mensagens:
    139
    Switch FC:
    3988-6793-8279
    Octopath Traveler 9/10

    Só uma palavra para descrever o sistema de combate: maravilhoso

    Todas a oito historias estão muito boas, são bem desenvolvidas e intrigantes, assim como a personalidade de cada uma das personagens.
    O único aspecto negativo que aponto ao jogo é mesmo a interação entre os personagens que é praticamente nula.
     
    BraveBold and Nosferato like this.
  14. Ploki Bee Mushroom
    aa

    Ploki
    Mensagens:
    3.811
    NN ID:
    Ploki987
    Hollow Knight

    É só o melhor indie de sempre.
    Vasta exploração à Metroid e combate apertado à Mega Man.
    O jogo tem tanto conteúdo que até me sinto mal ter comprado isto em promoção.
    Fiz dois endings e estou nos 106%. Fui ver o que era preciso para chegar ao máximo (112%) e logo de seguida encostei o comando lol
    Basta ver o vídeo do The Completionist e não deixar cair o queixo.

    9.5/10
     
  15. BraveBold Spring Mushroom
    aa

    BraveBold
    Mensagens:
    8.818
    NN ID:
    XenoManso
    Switch FC:
    0916-2960-3113
    Acabei ja a uns tempos o Tales of Vesperia mas esqueci de aqui deixar o marco

    Gostei bastante do jogo. A historia demora a abrir mas torna-se interessante. O combate ta dentro do que a serie nos habituo
    O grafismo esta mesmo muito bom Achei mais bonito que os Tales of mais recentes
    O fim ficou um pouco a desejar. Não que seja mau mas é um pouco para o insípido
    Os personagens são todos bastante agradáveis. As interacções entre eles são muito boas e gostei da evolução das personagens ao longo da historia. Foi dos primeiros Tales of em que li sempre com muito gosto e atenção todos os diálogos "facultativos"
    8,5/10


    Agora ando pelo FFantasy VII a reviver os antigamentes
     
    ze_samot likes this.
  16. Zetsu Spring Mushroom
    aa

    Zetsu
    Mensagens:
    9.454
    O Vesperia costumava ser o meu favorito, mas depois joguei o Xillia :P Still Yuri é dos meus protagonistas favoritos.
     
    BraveBold likes this.
  17. BraveBold Spring Mushroom
    aa

    BraveBold
    Mensagens:
    8.818
    NN ID:
    XenoManso
    Switch FC:
    0916-2960-3113
    Terminei o FF VII na Switch. O jogo esta melhor do que aquilo que me lembrava.
    Um solido 9/10 Engraçado como todos os "melhores FF "começam com os protagonistas a fazer "vilanices"

    Proximo jogo, depois de muito ponderar estive quase quase a aproveitar as promos Worten (Wolfenstein e mais algo a bom preço) mas a ultima da hora fiz uma curva apertada e acabei por comprar na eShop o Dragons Dogma Dark Arisen

    Espero que não desiluda
     
    G.E.R.M.A.N. likes this.
  18. G.E.R.M.A.N. Mega Mushroom
    aa

    G.E.R.M.A.N.
    Mensagens:
    11.032
    Switch FC:
    3057-7639-9495
    Eu também quero o Dragon’s Dogma, mas vou querer a versão física americana, a capa está bem gira.
     
    BraveBold likes this.
  19. Sérgio Mota Redactor
    aa

    Sérgio Mota
    Mensagens:
    1.156
    Terminei Final Fantasy xv

    Aquela música ficou perfeita nos créditos....

    Sei bem que é um jogo mal amado mas eu simplesmente adorei....
     
  20. Faamarques Golden Coin
    aa

    Faamarques
    Mensagens:
    139
    Switch FC:
    3988-6793-8279
    Final Fantasy VII 9.5/10

    Confesso que já o tinha começado na versão de PC mas nunca o tinha terminado, erro enorme o meu :redcard:
    Este é um jogo em que tem tudo de bom, desde a historia, gameplay, personalidade das personagens, até mesmo a musica é de altíssimo nível. Não há muitas palavras para descrever uma obra de arte destas, apenas digo a aqueles que estão a pensar em jogar ou rejogar: Desfrutem!!
     
    moguino, Nosferato and BraveBold like this.

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio