1. Juntem-se ao servidor de Discord do FNintendo. Juntem-se aqui.

Nintendo 64 Donkey Kong 64

Discussão em 'Jogos' iniciada por Mario Hero, 29 de Março de 2010.

  1. Deus ex-Machina Mega Mushroom
    aa

    Deus ex-Machina
    Mensagens:
    12.742
    Nada contra o coleccionismo, se não for exagerado.

    No Mario 64 o coleccionismo está bom. No Banjo-Kazooie está mesmo ali, no ponto certinho!

    Agora no DK64? A sério, quando jogares vais ver. Chegas ao 3º mundo e apercebes-te que a Rare imaginou mundo gigantescos, que temos que explorar com 5 macacos (montes de backtracking, ja agora), mini-games frustrantes em que és obrigado a passar. Ai não consegues passar esse mini-game? Olha apaixona-te, não passas, lulz.

    Vejo mesmo muita gente a dizer na internet que demorou anos até chegar ao final, ou que simplesmente não conseguiu terminar.

    Note-se, eu estava a gostar! E queria continuar! Mas o facto de nos obrigar a passar aqueles mini-games broken e horríveis, só lembrar-me que existem, tiram-me a vontade toda.

    E acabei de ver agora que para passar aquele 3º nível do mini-jogo terá que ser não com skill mas sorte:

    [​IMG]

    Nesta fase o DK está sempre a lançar aqueles projecteis roxos. E eles passam sempre por cima daquela última escada que dá acesso à Nintendo Coin.

    Isto até seria fácil se HOUVESSE UM PADRÃO no lançamento daquele projéctil. Mas não há. OU seja, é necessário arriscar e esperar que aquele projéctil não passe no topo da escada (eu morri ali SEMPRE, no topo da escada antes de chegar á moeda).

    E este é apenas o 3º dos 4 níveis.

    Não há paciência nos dias que correm em dificultar um jogo (que já de si é gigante) com estas decisões da treta. É que se ainda houvessem vidas ou assim. Mas não: morres é game over e começas do inicio. Oh, btw, és também obrigado a ver o video no início do mini-jogo,, lulz.


    EDIT, ainda sobre o coleccionismo: no Banjo-Kazooie e no Mario 64, tu apanhas as estrelas/puzzles e ficas com a sensação que é a recompensa por passares aquela secção. No DK recebes as bananas e ficas com a sensação que o fizeste porque tinhas que fazes, porque sim. Há uma diferença entre recompensa/obrigação.
     
  2. Sergio Dias Golden Mushroom
    aa

    Sergio Dias
    Mensagens:
    20.591
    NN ID:
    SergioDias
    lol eu na parte do coleccionismo adorei, por mim quanto mais belezas pa apanhar melhor, ate ja me tou a espumar das memorias que me vêm a cabeça lol

    mas tambem aqueles tempos eram outros, eram tardes enfiadas naquilo porque nao havia mais nada pa fazer, actualmente poucos aguentavam um jogo daqueles, ta rudo habituado a jogos digitais que se acabam em duas ou tres horas.
     
  3. Deus ex-Machina Mega Mushroom
    aa

    Deus ex-Machina
    Mensagens:
    12.742
    True that.

    NNos anos 90 eu gostava de jogos grandes porque sabia que depois não teria nada para jogar durante alguns meses. O mercado dos jogos era muito diferente na altura. Felizmente tinha uma loja de usados mesmo ao lado de casa, que me proporciou mais uns quantos jogos a preços mais baixos. Se não não tinha jogado metade do que joguei na altura.

    Mas isso não é desculpa para um jogo que, por si, é enorme e tem montes de coisas para coleccionar e lixá-lo completamente, atirando para lá minigames do cú, que nem 8'0% dos putos devem ter passado.
     
  4. Deus ex-Machina Mega Mushroom
    aa

    Deus ex-Machina
    Mensagens:
    12.742
    CONSEGUI!!!!!

    OMFG!

    [​IMG]



    Fui jogar mais um bocado, ao menos para terminar o 3º mundo, uma vez que já tenho o 1º & 2º a 100% e, enquanto ia passando, vi mais uma vez o minigame do DK original (que, relembro, é preciso passar para chegar ao boss final)

    Então pesquisei uma ultima vez na net por FAQs. Todos se queixam deste minigame, mas ninguém explica como passar. Apenas dizem "acaba o minigame do DK para ganhares a Nintendo Coin e depois abrires a porto do ultimo boss.

    Mas esta FAQ que achei, apesar de também não dizer muito, tinha uma dica para o 3º nível. E pensei, "meh, vou tentar uma ou duas vezes. Ao menos posso dizer que tentei."

    E qual não foi o meu puto de espanto quando me apercebi que, à primeira tentativa, passei aquele terrível 3º nível. Depois morri no 4º nivel, lol, mas ao menos tinha desencravado.

    E à 2ª tentativa consegui passar o 4º nível!!!

    Para quem não sabe o que passei, tá aqui um video do tormento que passei. O gajo tb demorou imenso a conseguir e teve que editar do video todas as mortes caso contrário iria ficar com um Let's Play para aí de 100 horas.




     
    Saikyou likes this.
  5. Deus ex-Machina Mega Mushroom
    aa

    Deus ex-Machina
    Mensagens:
    12.742
    Ok, Deus ex reporting in com updates ao progresso do jogo.

    Neste momento:

    24 horas totais
    4 Mundos completos a 100%
    51%
    ----------


    Ok, faltam-me mais 4 mundos para terminar o jogo. Não sei se vou conseguir até Domingo, mas pelo menos vou tentar passar o 5º mundo completo. Btw, este 5º mundo, Fungi Forest, era originalmente um nível do Banjo-Kazooie, mas por falta de tempo não foi completado e então aproveitaram-no para o DK64.

    E e já estou a ver porque DK64 é considerado por alguns como "genre-killer". De acordo com a TV Troopes:

    "Unusual in that it didn't kill off the collectathonplatformer by being a bad game - more that100% Completion took so long that most people who managed it had had enough of that style of gameplay to last for years."


    Bem verdade. Uma coisa que me incomoda um bocado é o facto dos mundos até nems erem assim tão grandes como aparentam (creio que talvez sejam um pouco maiores que no Banjo Kazooie, mas a minha memória desse jogo é já escassa). O problema é termos que pssar esse mundo 5 vezes, com cada um dos macacos. E coleccionar tudo e mais alguma coisa com todos.

    E ao 4º mundo a fórmula já está gasta. Tipo, o 4 mundo foi quase todo ele assim:
    >descobre onde está o painel para pisar
    >pisa o painel
    >porta abre noutro lado do mundo
    >60 segundos para chegares à porta
    >entra na porta e passa o mini-game

    Esta fórmula repete-se vezes e vezes sem conta. No Banjo e no Mario 64 havia, por exemplo, um motivo para as estrelas ou peças de puzzle estarem espalhadas no cenário: havia um objectivo concreto, uma missão.
    No DK64 esticaram os mundos e criaram aqueles mini-games como forma de apanhar as estrelas (que aqui são bananas).

    O jogo é fixe...mas nota-se que aqui a fórmula já estava gasta e/ou falta de ideias novas. Até os efeitos sonoros são reciclados do Banjo (movimentos de câmara, por exemplo).

    Btw,

    [​IMG]
     
  6. Saikyou Mega Mushroom
    aa

    Saikyou
    Mensagens:
    14.266
    NN ID:
    Saikyou
    É jogo para muita hora já estou a ver. Por este andar acabas o jogo (a 100%) com umas 40/50 horitas.
     
  7. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Não sabia dessa curiosidade do Expansion Pack. Por mim ótimo, porque quando comprei o jogo tive direito ao meu Expansion Pack à pala8.D

    Btw, DK 64 é um jogo fantástico e um dos meus favoritos da consola, mas tenho de concordar com os pontos enumerados pelo Deus. A coisa das moedas para ir ao boss final então é mesmo impensável. Esteé daqueles jogo em que o que envelheceu mal foi a estrutura, hoje em dia já poucos tem paciencia para jogos tão massivos
     
  8. Deus ex-Machina Mega Mushroom
    aa

    Deus ex-Machina
    Mensagens:
    12.742
    Sim... nota-se aqui que a fórmula (ou a falta de ideias) começou a dar sinais de cansaço. É que jogo (apesar de ser bom) não consegue o brilhantismo dos outros pesos-pesados.

    Eu já acabei 6 Mundos a 100% (FAQs ajudaram-me, confesso). Vou agora para o 7º (castelo assombrado).

    O problema é realmente a estrutura do jogo. Esta fórmula repete-se até à exaustão:

    >descobre onde está o painel para pisar
    >pisa o painel
    >porta abre noutro lado do mundo
    >60 segundos para chegares à porta
    >entra na porta e passa o mini-game

    No Mario 64 ou Banjo, ao apanhar as Estrelas ou peças de Puzzle, ficávamos com a ideia que andávamos a ajudar as pessoas que habitavam naqueles mundos gigantescos. Ou que estávamos a "consertar" os mundos. No DK64 é um bocado passar por passar.

    Anyway, não quero pôr ninguém de pé atrás. Mas para jogar este título, recomendo apenas a fãs acérrimos do género. Isto não é nenhum Mario.
     
  9. Deus ex-Machina Mega Mushroom
    aa

    Deus ex-Machina
    Mensagens:
    12.742
    Pronto... não vou poder acabar o DK64 antes de voltar para Belfast... Oh well, fica para as próximas férias.

    Aqui deixo os meus stats actuais:

    [​IMG]


    Quase, quase lá... mas o penúltimo mundo é muito grande e confuso. Precisava de mais uns dois dias.

    Pontos positivos:
    • Plataformas o3D ld-school
    • Mundos grandes mas com a pratica, acabávamos por conhecer bem
    • Algumas Bananas (tipo estrelas do Mario) são muito divertidas
    • Level design dos Mundos está bem conseguida (excepto o das Caves)
    • Som agradável, mas não memorável
    • Muita coisa para se fazer...
    Pontos Negativos:
    • Demasiadas coisas para coleccionar
    • Passar todos os níveis com os 5 macacos torna-se enfadonho após o 3º mundo
    • Falta de originalidade nas Bananas (são tipo estrelas do Mario)
    • Demasiados mini-games...falta de originalidade, que leva à maioria dos casos em que para conseguir uma Banana é preciso simplesmente passar um mini-game
    • Poucos objectivos nos Mundos, para além de passar mini-games
    • Estrutura muito semelhante para todas as Bananas (puxa alavanca, corre para a porta que abriu em 30 segundos, entra e passar o mini-game)
    • Mini-games broken em alguns caso
    • Obrigatoriedade de passar 2 retro-games sem perder vida e super-difícil, para conseguir aceder à fase final (WTF??)

    Acho que falta a este jogo o brilho que outros jogos da RARE tiveram. Ou isso, ou então eu deveria tê-lo jogado em 1999 quando saiu. Quando passar Banjo-Kazooie novamente poderei então discernir melhor se sou eu que estou a jogar sem nostalgia , ou se é mesmo do jogo.

    Das 30 e tal horas que joguei, isto para mim é jogo de 6/10 (nem estou a contar com gráficos & som: apenas pela jogabilidade).
     
    G.E.R.M.A.N. and Saikyou like this.
  10. b1snaga Bee Mushroom
    aa

    b1snaga
    Mensagens:
    3.084
  11. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    273
    Adorei este jogo quando era miúdo, mas não o achei tão bom como o Banjo-Kazooie e achei que lhe falta alguma identidade e charme que se encontra nos Donkey Kong Countries. Este jogo basicamente parecia que a Rare estava a repetir a mesma fórmula e o mesmo jogo que o BK mas com personagens diferentes e outras pequenas diferenças. Achei-o um bom jogo, mas não o melhor Donkey Kong que uma pessoa pode encontrar.

    O jogo teve boas coisas no papel mas também teve fases algo enfadonhas como ter que coleccionar várias coisas por mundo com todas as personagens. Coleccionismo sempre fez parte da franquia Donkey Kong, mas nos tempos do DKC isso era tudo OPCIONAL e não OBRIGATÓRIO como foi no DK64. Em miúdo isto não me incomodou assim tanto, porque eu queria era jogar e quanto mais coisas tivesse que fazer num jogo melhor. Mas isto era nos tempos em que eu tinha todo o tempo e paciência do mundo para matar todas as golden skulltulas do Ocarina of Time e completar jogos como o SM64 a 100%. Hoje em dia, duvido muito que achasse piada à ideia de coleccionar tudo e mais alguma coisa. Já o Banjo tinha a vertente de coleccionismo, mas a Rare exagerou bem no DK64.

    O jogo também tinha partes frustrantes. Gostei da sua variedade de mini-games mas alguns eram bem lixados. Além disso, nunca consegui passar o boss da fábrica e não sou a única pessoa com esta história. Esse boss era tramado. E este jogo apesar de não parecer assim tão grande exigia imenso tempo. Nem quero imaginar quantas horas investi nele.

    O jogo até é giro e tem mundos interessantes, mas não é tão memorável como os DKCs. A Rare tentou fazer algo diferente na primeira abordagem 3D ao Donkey Kong, mas parece que o DK não consegui vingar em 3D. Afinal de contas, deve haver algum motivo porque na GC o único jogo que tivemos do DK foi um jogo de ritmo com tambores. E depois disso voltámos a ter jogos da franquia com base no estilo do DKC.

    É giro ter o jogo de arcade e o Jetpac como bónus, e o modo de multi-player era bastante bom para a altura. Para mim foi o melhor modo de multiplayer da N64 a seguir ao GoldenEye.

    Não tenho interesse em o revisitar. Pelo que leio por aí, parece ter envelhecido mal. E prefiro não estragar a nostalgia que tenho por ele. Ficam as memórias.

    E já agora, a Tiny Kong, o Lanky Kong e o Chunky Kong alguma vez mais voltaram a aparecer? E sinceramente, porque é que criaram a Tiny Kong e não trouxeram a Dixie Kong de volta? Talvez porque a Dixie teria habilidades que não se encaixariam bem no jogo?
     
  12. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    @Kasuga Kyosuke a Game Cube para além dos jogos de ritmo (que são excelentes, btw), teve tambem o excelente e muitas vezes subvalorizado Jungle Beat! A quem não o conhece aconselho vivamente.
     
  13. Blair 1-Up Mushroom
    aa

    Blair
    Mensagens:
    2.720
    Nunca pude experimentar este jogo, mas aguardo com expetativa que qualquer dia anunciem o Donkey Kong 65.
     
  14. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    273
    lol

    Uma remake bem feita deste jogo podia ser bem catita, mas teria que ser muito bem pensada e ter algumas mudanças consideráveis. Mas duvido que a Rare esteja praí virada pois são da Microsoft já há muitos anos.

    Mas por caso um Donkey Kong 3D bem pensado podia ser muito bom. Acho que um belo jogo desses do Donkey Kong iria vender bem. Não tanto como Mario, Pokémon ou Zelda; mas o Donkey Kong é uma personagem com um legado relativamente forte. O jogador comum conhece pelo menos o nome da personagem.
     
  15. G.E.R.M.A.N. Mega Mushroom
    aa

    G.E.R.M.A.N.
    Mensagens:
    10.930
    Switch FC:
    3057-7639-9495
    Mesmo que a Rare quisesse, a licença Donkey Kong está nas mãos da Nintendo, a haver um remake nunca seria da parte deles.
     
    Kasuga Kyosuke likes this.

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio