1. Juntem-se ao servidor de Discord do FNintendo. Juntem-se aqui.

Snes EarthBound (VC Wii U)

Discussão em 'Jogos' iniciada por One-Winged_Angel, 26 de Janeiro de 2011.

  1. Bernkastel Golden Mushroom
    aa

    Bernkastel
    Mensagens:
    21.343
    Uma coisa que me aborreceu bastante foi mesmo os menus do jogo, demorei muito mais tempo a acabar do que devia por causa disso (e nunca acabei um DQ dos antigos por causa disso). Pode parecer nitpicking mas a coisa dos botões não serem contextuais. Enervam-me os jogos em que estou encostado a um NPC e carrego no botão e aquilo não vai lá pelo contexto, tenho de escolher se quero falar, examinar, usar item, coçar o cu, etc.

    Mother 3 20x melhor por já usar um sistema moderno.
     
  2. ze_samot 1-Up Mushroom
    aa

    ze_samot
    Mensagens:
    2.224
    NN ID:
    ze_samot
    O botão "L" é contextual, mas apenas para "talk" ou "check". Não o é para utilizar determinado item num local/pessoa específicos. De qualquer modo sempre poupa algum tempo. Mas, por exemplo, se quiser usar 3 itens de seguida ou mesmo usar PSY mais do que uma vez para recuperar HP tenho de abrir o menu e fazer os comandos de novo em cada uma dessas vezes, pois o menu fecha-se quando usas um item/magia. Andar de bicicleta aumenta a velocidade de deslocação mas tenho de abrir o menu e escolher usar a bike cada vez que a quiseres utilizar, sendo que se falo com alguém ou entro num edifício tenho de repetir o processo novamente. São pequenas coisas, mas que mantêm o ritmo de jogo lento.
     
    Última edição: 13 de Outubro de 2017
  3. Bernkastel Golden Mushroom
    aa

    Bernkastel
    Mensagens:
    21.343
    Sim ali no último exemplo estava a referir-me mais a DQ. No Earthbound não é tão mau, mas ainda é um bocado antiquado.

    lol dizer que um RPG dos 90s é antiquado, dividi por zero.
     
    ze_samot likes this.
  4. Nosferato Spring Mushroom
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.799
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    Já estou com 12 horas de jogo e já ando a explorar Fourside – Moonside.

    O jogo contínua com uma narrativa incrível. Concordo com todas as críticas que fizeste @ze_samot, o ritmo lento das batalhas e da própria mecânica de jogo são infernais, assim como a dificuldade que simples combates por vezes oferecem, mas toda a criatividade e rebeldia das situações caricatas que estão a surgir compensam isso tudo. A banda Runaway Five é do mais surreal que existe. E os concertos também são um mimo. Era giro a Nintendo lançar um remake como deve de ser da série. Há aqui imenso talento.
     
    ze_samot likes this.
  5. ze_samot 1-Up Mushroom
    aa

    ze_samot
    Mensagens:
    2.224
    NN ID:
    ze_samot
    Se em 2017 ainda ficamos surpreendidos com muitos dos momentos surreais do jogo, nem consigo imaginar o que passou pela cabeça do pessoal que jogou isto próximo do lançamento. Sinceramente nem sei como reagiria com os meus 9 anos na altura ahah.
    De qualquer modo, mecânicas datadas e ritmo lento à parte, estou a gostar e a divertir-me a jogar isto.
     
  6. Nosferato Spring Mushroom
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.799
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    Terminei. 31 horas de jogo.

    A batalha final é incrível. Tentei de tudo no fim e raios o partam, acho que nunca mais descobriria como o matar! Earthbound é sem dúvida um excelente jogo. Obviamente que mecanicamente sofreu imenso com o passar dos anos, e claro que apresenta-se neste momento bastante datado. Claro que, para quem procura um enredo fascinante, esses obstáculos têm de passar para segundo plano, mas a diversão é com toda a certeza garantida.

    Belo grafismo ainda assim. Os detalhes gráficos continuam muito bons, dignos de um AAA da era 16 bits. A banda sonora é também soberba, com imensas melódicas melancólicas que encaixam perfeitamente em toda a aventura do jogo.

    Juro que não compreendo porque é que a Nintendo continua a tratar tão mal a série. Na época em que foi lançado, e principalmente no Ocidente, as vendas dos rpgs eram fraquíssimas e portanto merecia uma boa oportunidade nesta era moderna. Mother 3 já deveria estar localizado há muito (há rumores que o jogo está traduzido oficialmente), mas ainda ninguém mexeu palha de forma oficial.

    Estes jogos fora da caixa fazem falta. Histórias lunáticas que nos fazem pensar como crianças, também. Earthbound, mais do que recomendado.
     
    ze_samot likes this.
  7. ze_samot 1-Up Mushroom
    aa

    ze_samot
    Mensagens:
    2.224
    NN ID:
    ze_samot
    Já tenho a Paula na party e depois duma dose generosa de grind para a pôr em level 12 lá conquistei a segunda melodia. Estou pronto para ir para Threed. Estou a gostar bastante mas não lhe consigo pegar para sessões grandes por causa do ritmo lento, tenho de ir intercalando com outro jogo.
     
  8. Nosferato Spring Mushroom
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.799
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    Eu apanhei o fim-de-semana em cheio. Foi o que valeu. Mas também já não colava assim num rpg há imenso tempo.
     
  9. ze_samot 1-Up Mushroom
    aa

    ze_samot
    Mensagens:
    2.224
    NN ID:
    ze_samot
    Terminei o Earthbound há uns dias atrás. O jogo tem uma primeira metade chata e demasiado morosa em que a party, ainda incompleta e com muito poucas opções de ataque eficazes, arrasta-se nos combates demasiado frequentes e com inimigos relativamente fortes, consistindo num enterro de tempo e numa repetição de comandos sem grande estratégia. Os inimigos, embora visíveis a deambular pelo mundo do jogo, raramente são evitáveis pois tentam sempre o confronto e movimentam-se muito mais rapidamente que as personagens. O facto destes inimigos derrotados ressurgirem assim que ocultamos e voltamos à zona do combate prévio (literalmente dar 5 passos) torna a exploração das dungeons frustrante e em termos práticos traduz-se num sistema igual aos dos combates aleatórios.

    A segunda metade, já com a party completa, diversas opções para estrategizar o combate e teletransporte finalmente disponível foi muito mais cativante e sinceramente só aqui consegui apreciar devidamente o jogo por aquilo em que ele se distingue, o ambiente único e caricato. Alguns cenários e quests mirabolantes, os próprios inimigos e NPCs (com quem muitas das vezes falava apenas para ler que parvoíce sairia dali), a narrativa e o seu modo peculiar de apresentação, o fundo psicadélico das telas de combate e a banda e efeitos sonoros na mesma onda e até a "solução" para derrotar o último boss são tudo elementos que conferem um grande carisma ao jogo e que acredito consistirem na razão para este ser tão adorado pelos fans.

    Infelizmente existem pequenos pormenores menos aprimorados em termos de gameplay (mesmo para a altura) que acabam por ter impacto no ritmo de jogo. Deixo como exemplos representativos a gestão do inventário em que os itens que pretendemos guardar extra-personagens (tendo em conta que cada um tem um espaço já de si diminuto e que é ocupado com equipamento e itens essenciais ou obrigatórios) terão de ser recolhidos por um estafeta que apenas pode transportar 3 duma vez, e para este ser chamado temos de encontrar um telefone e ligar para a irmã do Ness. Depois do diálogo da chamada é aguardar um tempo variável até à chegada do estafeta, iniciar novo diálogo e pagar uma taxa. Se quisermos receber itens guardados o processo repete-se. Outro exemplo é o facto de não haver opção de comprar mais do que um item de cada vez nas lojas. Se quisermos 5 rockets temos de falar 5 vezes com o vendedor. Repetir vezes sem conta estes e outros pormenores compromete desnecessariamente a "qualidade de vida" de quem joga o título.

    De qualquer modo, e apesar das críticas, tenho a dizer que terminei com aquele gostinho de ter passado por uma grande aventura. É sem dúvida um jogo que pela sua originalidade ainda causa impacto nos dias de hoje e que, talvez por isso, não tenha sido muito bem compreendido na sua época.
     
    Última edição: 4 de Maio de 2018
  10. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    309
    Este jogo é... hum deixa-me pensar qual o adjectivo correcto...

    Louco? No sentido positivo, isto é. É estranho também. Novamente no sentido positivo.

    Um jogo bastante criativo que é passado num mundo que basicamente é uma paródia dos Estados Unidos. Sem dúvida um RPG muito original e divertido a nível de combate e personagens. E também o facto de ser passado num mundo urbano e aparentemente normal a olho nu em vez de ser passado numa época medieval ou assim como é comum neste tipo de jogos.

    A sua OST é maravilhosa. Faz uma pessoa sorrir, até mesmo um adulto amargurado com a vida.

    Não há muito que eu posso acrescentar sobre este jogo que já tenha sido referido por aqui. Tal como o post acima diz, tem uns pequeninos defeitos no que toca a comprar várias coisas numa loja e o pequeno espaço para o inventário de cada personagem. E quero acrescentar também que o teletransporte neste jogo é frustrante. Como é que os programadores conseguiram complicar algo simples que existe em imensos JRPGs?! A sério, isso é que é pensar demasiado em como fazer algo original.

    E sim, o início do jogo é um bocado maçudo porque estamos sozinhos com o Ness que é lento que nem uma tartaruga. Praí 75% das vezes, os inimigos atacam-me primeiro. Ter só um membro na party é complicado. Principalmente quando inimigos comuns conseguem um critical hit que come mais de metade do nosso HP. Só praí à 4º vez derrotei o raio do Franky. lolololol ao menos a música do Johnny B. Goody era agradável.

    Mas pronto, até os melhores jogos têm as suas partes irritantes. Não é nada demais e o jogo continua a ser muito divertido e uma pessoa acaba por se adaptar.

    Ah quem me dera ter jogado isto em miúdo. Se em adulto já gostei deste jogo, imagino se o tivesse jogado quando era miúdo. Se bem que acho que não saiu na Europa?

    O mais curioso nisto tudo é que eu nunca gostei do Ness no Smash Bros. Dos lutadores que menos gosto na série Smash, aliás. Mas ter finalmente jogado o Earthbound fez com que passasse a vê-lo com outros olhos.

    Para quando uma port ou uma tradução para inglês do Mother 3, Nintendo? Muitos de nós gostaríamos de experimentar esse jogo. Se os Europeus e os Americanos gostaram do Earthbound, porque achas que não iríamos gostar do Mother 3, ó Nintendo? Também pode haver problemas legais se esse jogo sair do Japão?
     
    KnOxEr likes this.
  11. KnOxEr Normal Mushroom
    aa

    KnOxEr
    Mensagens:
    977
    NN ID:
    Kn0x3r
    Switch FC:
    3838-3055-9696
    Nada te impede de jogar o Mother 3... A tradução feita por fãs aqui há uns anos esta fantástica, a nintendo podia simplesmente 'pegar' nela e lançar o jogo, mas acho que eles não estão muito interessados em 'reviver' a serie.
     
    Kasuga Kyosuke likes this.

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio