1. Juntem-se ao servidor de Discord do FNintendo. Juntem-se aqui.

GC GameCube

Discussão em 'Nintendo' iniciada por jabun, 22 de Julho de 2011.

  1. Sergio Dias Golden Mushroom
    aa

    Sergio Dias
    Mensagens:
    20.591
    NN ID:
    SergioDias
    Faltam muitos jogos. Para se fazer um top em condições, teria ser top 50 no mínimo :hero:
     
  2. marchao Bee Mushroom
    aa

    marchao
    Mensagens:
    4.073
    Já tinham visto alguma destas

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  3. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Sinceramente acho que está bem foleira. Os desenhos não estão lá muito bem feitos.

    O que não faltaram foram edições especiais da GC bem bonitas:

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
    arenavideojogos likes this.
  4. indospot Bee Mushroom
    aa

    indospot
    Mensagens:
    3.561
    Switch FC:
    2334-5721-5329
    Essa vermelha é linda e os GBA SP também. São de que jogo?
     
  5. chrono_kazumi Redactor
    aa

    chrono_kazumi
    Mensagens:
    2.719
    São alusivas a Gundam.
     
  6. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Alguém me pode dar feedback sobre o Game Boy Player? Vale a pena? Queria voltar a pegar nuns jogos GBA, mas preferia joga-los na televisão, por isso queria saber se este acessório faz um bom trabalho quanto à resolução
     
  7. Valoo Bee Mushroom
    aa

    Valoo
    Mensagens:
    3.788
    eu tenho um, nunca jogas-te nele??

    é muito nice, principalmente se tinhas um jogo que envolvia trocas (tipo pokémon e outros) e só tinhas um game boy. mas na televisão até se joga bem, lá te habituas à imagem ficar bem maior mas de comandos e isso acho que ate se joga bem com o da game cube
     
  8. woodstock Boo Mushroom
    aa

    woodstock
    Mensagens:
    6.101
    ---
     
    Última edição: 7 de Março de 2019
  9. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Os jogos do GB original quando jogados no GB Color podem ficar com algumas cores, que até podem ser alteradas se pressionarmos uma das quatro direcções do dpad quando aparece o logo do GB Color, quando ligamos a consola
     
  10. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Cobertura ao Nintendo Show 2001, MultiConsolas nº11, Outubro 2001

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  11. indospot Bee Mushroom
    aa

    indospot
    Mensagens:
    3.561
    Switch FC:
    2334-5721-5329
    Nunca fui muito de comprar este tipo de revistas, são caras e geralmente não dizem nada de muito novo. Mas mesmo assim não deixo de ter pena deste tipo de coisas estar a desaparecer. E apesar de nunca ter tido uma revista destas, não deixa de me trazer uma certa nostalgia...
     
  12. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Especial Lançamento Game Cube, Player nº30, Maio 2002

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  13. arenavideojogos Mini Mushroom
    aa

    arenavideojogos
    Mensagens:
    234
    A lancheira!

    Nas primeiras vezes que me lembro da Gamecube, ela estava a um preço de 20 contos, na moeda antiga, que corresponde a 100 euros. Talvez pensasse mal, mas para ser honesto na altura achava-a algo cara tendo em conta que não tinha os recursos extra da concorrência, nem era suportada por um serviço de Internet competente como era a Dreamcast.

    Fique bem claro que hoje em dia muitos dos extra que a Xbox 360, PS3 têm servem sobretudo para manter os aparelhos a preços verdadeiramente proibitivos quando elas já tem 7 ou mais anos de vida. Não me interessa uma consola para andar em Facebooks, ver filmes, fotos, pois para essas coisas existe o computador que faz isso bem melhor. A internet numa consola deve estar apenas vocacionada para tornar mais interessante a experiência de jogar, e nada mais. Pelo menos essa é a minha maneira de pensar. Demasiado conservadora? Talvez, mas também bem mais barata.

    Na minha opinião a grande carência do Gamecube foi exactamente um serviço decente de internet que permitisse jogar partidas online e o convívio entre jogadores. O famoso Broadband Adapter era vendido em separado. Também facto de a consola não ler o formato DVD, e possibilitar ver filmes, embora não sendo algo que eu pessoalmente desse importância, uma vez que tendo PS2 nunca a usei para esse efeito, mas a verdade é que foi essa possibilidade que contribuiu para o sucesso comercial da mesma PS2. Estas razões contribuíram para que na hora em que me decidi a comprar uma consola de 128 bits, estivesse reticente entre a Xbox e a PS2, não entrando a Gamecube sequer na equação, acabando por me decidir pela Xbox.

    Passados cerca de 10 meses, depois de ter comprado a XBOX, calhou passar com o meu pai no Média Market da minha zona, e surpresa das surpresas, deparo-me com um pack da Gamecube correspondente ao Pokemon Colosseum á módica quantia de…49 euros! Nem queria acreditar no que via! Mas apesar de tudo ainda consegui sair da Média Market a pensar se deveria aproveitar e compra-la. Se não foi no dia seguinte, andou á perto…apanhei comboio e autocarro em direção ao média market e trouxe a consola. Com ela comprei cartões de memória, uns gamepads a preço de saldo e comprei o Pikmin e a Final fantasy cristal Chronicles. Só a experimentei á noite. Uma das coisas que me surpreendeu foi o tamanho da consola e dos discos. De resto fazia juz ao nome pois a forma era um cubo, se bem que a alcunha de Lancheira também lhe assenta bem devido a sua alça.

    A minha história com a Gamecube começou num planeta alienígena habitado por umas criaturas estranhas meio animais, meio plantas, que de uma forma abnegada e altruista ajudavam o capitão Olimar (sou só eu que acho que esta é das personagens mais egoístas da história dos videojogos?), a recolher as peças da sua nave que se tinha despenhado no planeta. Para além de Pikmin a Gamecube deu-me a possibilidade de jogar outras sagas carismáticas dos videojogos. Pela primeira vez pude ajudar Link a salvar a princesa. O belíssimo Legend of Zelda-the Windwaker, foi o primeiro titulo zelda que joguei. Como era uma edição especial que vinha com o disco de bónus contendo o Zelda ocarina of Time, também pude jogá-lo…e tudo isto apenas por.9,99 euros! Mas a diversão não ficou por aqui.

    Com Mario Kart double dash pude participar na prova de karts mais louca pelo menos das consolas. Fui de ferias para a ilha Delfino em Super Mário Sunshine, e entrei na mansão assombrada em Luigi Mansion (houve umas fases nesse jogos que eram infernais!), participei em provas de macacos, com o hilariante Super monkeyball, vivi a fabula do animal crossing (mais uma vez o maldito casamento com o GBA , não permitiu viajar até a ilha!...) e ainda ironicamente graças a Gamecube pude finalmente jogar o…Sonic CD! O balanço pessoal que faço só pode ser megapositivo!

    Como não á bela sem senão também tive as minhas desilusões a começar pelo Final Fantasy cristal Chronicles…artwork lindíssima, mas a meu ver a conceção do jogo é péssima e a conjugação com o GBA tornou o jogo confuso e irritante.
    Títulos como universal studios Theme Park, Disney sports Football só os comprei com certeza porque estava bêbado ou então puseram-me alguma substância alucinogénica na comida…Butt Ugly Martians comprei-o porque queria algo tipo Mariokart(viria a compra-lo mais tarde), e embora o jogo nem seja mau de todo, se fosse hoje não o teria comprado!

    Fiquei com pena de não ter arranjado o Pikmin 2(apesar de o 1 ainda estar por concluir!), de não poder ter jogado o Zelda Twillight Princess, mas ao preço que encontro em sites como o miau, joga-lo na Gamecube, só em histórias de fábulas(como o animal Crossing! Lol). Quem sabe se na Wii!...

    A consola conheceu algum sucesso no mercado Japonês, ficando aquém das espectativas no resto do mundo. Contudo trata-se de uma boa consola, que apesar do seu aspeto algo infantil, tem na sua biblioteca, óptimos titulos, que atravessam, todas as faixas etárias.
    Trata-se juntamente com a saudosa Dreamcast as ultimas representantes de um certo idealismo, e romantismo que existia na industria dos videojogos. Foi nesta consola que pela primeira vez a SEGA e Nintendo até então rivais, começaram a colaborar entre si. É verdade que Tem menos jogos que a PS2, mas tem também menos títulos para encher chouriços (embora, como viram atrás também os há na gamecube!).

    Enfim para quem gosta da Nintendo esta consola tem certamente um catálogo de títulos que ficará no imaginário daqueles que têm ou tiveram, o previlégio de poder ter uma lancheira ao lado da sua TV!
     
  14. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Exactamente a minha opinião. Uma consola é para jogar. O que vier para além disto é bonus e se esse mesmo bonus encarecer a máquina prefiro não o ter.

    Compraste a GC na altura das loucas promoções GC no nosso pais em que a consola e os jogos eram praticamente oferecidos. Ainda bem que essas promoções malucas serviram para que pudesses jogar clássicos como Wind Waker, Sunshine ou Pikmin :hero:
     
  15. BRUNO1981 Golden Coin
    aa

    BRUNO1981
    Mensagens:
    95
    Dá gosto lêr as palavras do arena videojogos.Parabéns.
     
  16. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.652
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Dossier: Especial Lançamento Game Cube, MultiConsolas nº17, 2002

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  17. Yggdrasil Redactor
    aa

    Yggdrasil
    Mensagens:
    3.506
    Muito obrigado pelos scans!

    A má prestação da GameCube em Portugal é uma das coisas que a mim me foi mais difícil de ver enquanto jogador. Não ponho em causa a liderança da PS2, isso aconteceu em todo o lado, mas a GC depois dos primeiros 12-18 meses, começou a desaparecer das lojas portuguesas, juntamente com os respectivos jogos. Lembro-me de, em várias ocasiões já em 2004-2005, não encontrar praticamente um único jogo interessante para GC nas lojas, daí a minha decisão na altura de deixar de comprar jogos em Portugal e começar a encomendá-los da pela internet.
     
  18. indospot Bee Mushroom
    aa

    indospot
    Mensagens:
    3.561
    Switch FC:
    2334-5721-5329
    Eu acho que, tendo em conta os jogos que saíram na GC, e que tinha gráficos superiores à PS2, a GC merecia um destino bem melhor do que aquele que teve...
     
  19. Yggdrasil Redactor
    aa

    Yggdrasil
    Mensagens:
    3.506
    À partida, a GC não estava a apontar para a liderança da sua geração: saiu em finais de 2001 no Japão e nos EUA, entre um ano a um ano e meio depois da PS2, e em Maio de 2002 na Europa, quando a máquina da Sony já estava relativamente bem implantada; enquanto a PS2 foi promovida como uma consola de jogos + leitor de DVD, a GC não oferecia mais nada...é verdade que enquanto jogadores, não precisávamos de mais nada, mas do ponto de vista do marketing a Sony fez uma opção muito melhor, ao utlizar a sucessora da PlayStation para promover um novo formato; lembra-te ainda que a PS1 teve um imenso apoio das 3rd parties, que se afastaram completamente da N64 por vários motivos (entre os quais, o formato dos jogos) - é verdade que neste aspecto, a GC saiu-se melhor que a N64 mas a PS2 continuou a ser a clara favorita das produtoras e distribuidoras.

    O que eu pretendo dizer é isto: nesta geração, a Nintendo não estava, de maneira nenhuma, em posição de determinar as regras. A Sony fez praticamente tudo bem na geração precedente e reforçou a liderança durante esta geração, deixando a Nintendo e a Microsoft com os "restos" do mercado, por assim dizer. Isto não significa que não tenhamos visto excelentes títulos na 128-bits da Nintendo, mas a GC sempre foi uma máquina que nunca teve condições para sequer ameaçar a liderança da Sony - e para o fazer, a Nintendo teria de apresentar uma consola bastante diferente da GC.
     
  20. indospot Bee Mushroom
    aa

    indospot
    Mensagens:
    3.561
    Switch FC:
    2334-5721-5329
    Não estou a dizer que merecia liderar o mercado. Estou a dizer não merecia ficar apenas com OS "restos" que referiste. A GC vendeu menos que a N64, mas eu acho que a GC era bem mais merecedora de sucesso que a N64.
     

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio