1. Juntem-se ao servidor de Discord do FNintendo. Juntem-se aqui.

Master System Master System

Discussão em 'Outras plataformas' iniciada por jabun, 25 de Novembro de 2011.

  1. osvelhostempos Normal Mushroom
    aa

    osvelhostempos
    Mensagens:
    951
    Impressoras do Spectrum eram quase uma anedota... Lembro-me das do TC2048 que parecia ser um rolo de uma máquina registadora. Não estou a ver ninguém a entregar trabalhos da escola num rolo daqueles...
     
  2. Yggdrasil Redactor
    aa

    Yggdrasil
    Mensagens:
    3.487
    Ou isso - há 20-25 anos atrás, quando se compravam artigos caros, eram vistos como um investimento para o futuro; hoje, quando se compra um PC de €1000, a maior parte das pessoas recorre ao crédito mas nessa altura, para gastar 40 ou 50 contos em alguma coisa [como um electrodoméstico ou afins], era costume fazer poupanças para lá chegar [claro que já existia crédito mas não era tão "selvagem" como hoje].

    O que eu quis dizer foi que as consolas de jogos, uma vez que só servem para jogos, só eram acessíveis a quem vivia acima da média [uma vez que depois de comprada a consola, também é preciso comprar jogos, obviamente] - em 1990-92, uma consola de 30-40 contos, mais jogos que iam dos 10 aos 18 contos, representavam um enorme peso na carteira da maior parte das famílias.

    A 32X não me lembro quanto custava mas acho que o preço de lançamento da Mega CD em Portugal foi de 70 contos...
     
  3. osvelhostempos Normal Mushroom
    aa

    osvelhostempos
    Mensagens:
    951
    Por acaso só conheço uma pessoa que comprou o Mega CD em Portugal, porque dois ordenados mínimos [esses 70 contos] para uma consola era algo impensável para muita gente. Acho que a 32X inicialmente custava 33 contos ou se preferires... 32.999$00;)

    Por essas razões é que SNES também nunca foi muito popular, além de ser mais cara que a Mega Drive, os jogos eram igualmente pouco convidativos para a carteira. Acho que o mais barato custava 12 contos.
     
  4. Yggdrasil Redactor
    aa

    Yggdrasil
    Mensagens:
    3.487
    Em relação à SNES vs. Mega Drive, acho que o que mais prejudicou a consola da Nintendo nem sequer foi o preço - pelo que me lembro, quando ela foi lançada no Verão de 1992 custava 40 contos [ok, 39 900$00] mas no ano seguinte já custava 30 contos, o que era bem mais competitivo - a Mega Drive, quando chegou cá aproximadamente um ano antes da SNES, acho que custava 45 contos...o que acontece é que não só a SEGA tinha um marketing muito melhor, como uma distribuição muito mais eficiente através da EcoFilmes e a MD teve mais tempo para se tornar competitiva do que o SNES - sim, os jogos 3rd party de SNES eram mais caros [os que custavam 15 e 18 contos eram praticamente todos 3rd party] mas o que eu quero dizer é que quando o SNES se tornou mais competitivo, a Mega Drive já estava bem instalada em Portugal e na altura, não havia capacidade para a maior parte do público comprar e sustentar duas consolas domésticas ao mesmo tempo, é por isto que eu acho que o SNES em Portugal não foi um sucesso.
     
  5. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.611
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Claro que, vinte anos depois, não se pode comparar 10 contos com 50 euros, embora o valor, digamos assim, seja o mesmo. Como o Ygg referiu e bem, nessa altura uma consola de jogos era para muita gente um luxo. Muitos só compraram a sua Mega Drive já a Saturn, PSX e N64 estavam no mercado.

    O que eu quis referir, e enaltecer, foi que, ao contrário do que aconteceu no Japão e nos EUA, em que a Sega abandonou a sua 8 Bits em 1989 e 1991 respectivamente, na Europa felizmente a gigante nipónica preferiu manter a consola a um preço baixo e competitivo (comparativamente com as restantes consolas) do que deixá-la morrer. E a carteira de muitos jogadores agradeceu.
     
  6. BigLord Golden Mushroom
    aa

    BigLord
    Mensagens:
    21.958
    NN ID:
    BiigLord
    Para não falar no Brasil. As consolas de 8 e 16bits AINDA são jogadas por lá, e até lançaram versões portáteis daquilo, feitas pela Tectoy (que é uma empresa sediada no Brasil).

    Tudo por causa dos preços loucos que são praticados por lá... heh.
     
  7. Dark_boy Question Coin
    aa

    Dark_boy
    Mensagens:
    5
    Minha primeira consola, recordo-a com um carinho imenso.
    Comprada em 1993, tinha eu 7 anos, já na altura a consola custou alguns 19 contos, mas valeu bem a pena. Era a versão master system II, já com o Sonic na memória, e um cartucho "Arcade Smash Hits" de oferta.
    Joguei alguns dos melhores jogos da minha vida nesta consola. Como a mesma já se encontrava praticamente numa fase terminal da sua vida, encontravam-se jogos razoavelmente baratos para a mesma (a 4 e 5 contos, o que era baixo, tendo em conta a quanto se vendiam os jogos da SNES, por exemplo). E havia aquela coisa fantástica da malta emprestar jogos uns aos outros, eram mesmo outros tempos. Sei que a consola fui utilizada por mim até aos idos anos de 1999, altura em que compraram uma N64.
    Quanto a jogos Asterix, Star Wars, Sonic I, II e Chaos, R-Type, Raimbow Island, Fantastic Dizzie, Power Strike I e II são alguns dos jogos que mais saudades me trazem. Mas havia muitos mais, a consola tinha um elenco de jogos fenomenal. Tenho mesmo muitas saudades dela.
     
  8. iKE Mega Mushroom
    aa

    iKE
    Mensagens:
    14.692
  9. woodstock Boo Mushroom
    aa

    woodstock
    Mensagens:
    6.097
    ---
     
    Última edição: 7 de Março de 2019
  10. Rony G Golden Mushroom
    aa

    Rony G
    Mensagens:
    24.128
    Switch FC:
    8447-5049-1309
    eish... BRUTAL esse vídeo!

    viste iKE, neste eu ri-me!!!
     
  11. iKE Mega Mushroom
    aa

    iKE
    Mensagens:
    14.692
    Eu também só descobri a série há pouco tempo e porque não encontrei Adventure Time no mesmo sítio (Dailymotion versão nerfada da Xbox 360).

    Essa série é mesmo fixe. As personagens parecem reais, e muitos daqui adoram falar da Friend Zone não é? O Mordecai (o passaro), está sempre na Friend Zone. Uma excelente série animada para o Chico.

    E ver uma consola original num cartoon é uma visão rara. Se essa for a SMS então nem se fala.

    @Rony

    pff... Não é a mesma coisa.
     
  12. stika 1-Up Mushroom
    aa

    stika
    Mensagens:
    1.485
    a master system é tão underrated :yes:
     
  13. iKE Mega Mushroom
    aa

    iKE
    Mensagens:
    14.692
    Concordo. era um pouco como a Xbox da sua geração. Recebia vários ports de third parties superiores, mas o suporte era muito mais limitado.
     
  14. stika 1-Up Mushroom
    aa

    stika
    Mensagens:
    1.485
    olha que não sei, diria que metade dos jogos da master system foram exclusivos (excluindo os jogos que tiveram direito a port ou remake na megadrive)

    EDIT: esquece, li mal o teu post :P
     
  15. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.611
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Artigo Retrogaming Parte VI, MultiConsolas nº36, Novembro 2003

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  16. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.611
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Publicidade Natal 1994

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  17. Lovelil Question Coin
    aa

    Lovelil
    Mensagens:
    1
    Sem sombra de dúvida a consola do meu coração!!!
     
  18. arenavideojogos Mini Mushroom
    aa

    arenavideojogos
    Mensagens:
    232
    Tenho a segunda versão da consola de 8 bits da SEGA, concebida no sentido de ter custos de produção mais baixos relativamente á Master System 1. Perdeu a slot de cartões, a entrada plug para os óculos 3D, o próprio botão de Reset (acho que a SEGA caiu um bocado no exagero, pois esse botão faz sempre falta.), não possuía conectores de áudio e vídeo, o que se traduziu numa menor qualidade de imagem e som relativamente á MasterSystem 1.

    A Master System foi criada para competir com a 8 bits da Nintendo, e assim tentar consquistar uma fatia rentável do mercado Caseiro de videojogos. Ela era tecnicamente superior, mas quer no Japão quer nos EUA a Master System enfrentou muitas dificuldades.

    No caso do mercado japonês a Nintendo já estava comodamente instalada, e isso associada a algumas práticas concorrenciais, mais que duvidosas, senão desleais por parte da Nintendo selaram o desempenho da Master System no Japão. Essas práticas referiam-se sobretudo na imposição de contratos de exclusividade ás softhouses, o que deixou a Master System neste mercado quase por conta dos jogos da SEGA.

    No caso dos EUA para além dos mesmos factores que imperavam no mercado japonês, a SEGA também cometeu o erro de confiar a comercialização da Master System no mercado americano, á Tonkya Toys, que não entendia nada do mercado de videojogos e do seu funcionamento, o que em nada ajudou, a melhorar a situação da Master System neste mercado.

    No caso europeu a situação foi bem diferente, pois as condicionantes que haviam no mercado japonês e no norte americano, não se aplicaram no mercado europeu... Assim a qualquer softhouse podia livremente programar para a Master System, e esta podia concorrer livremente e mostrar tudo o que valia, ganhando a liderança deste mercado. Mesmo o advento da carismática Megadrive não esmoreceu as vendas da Master System que funcionava como um sistema alternativo mais barato e também com qualidade, para quem não tinha a possibilidade de adquirir uma Megadrive. Também teve direito aos famosos jogos da franquia do Sonic, e inclusive saíram jogos para a consola no mercado europeu até 1996. Já nos EUA, a consola foi descontinuada em 1992.

    Outro mercado onde ela atingiu um bom desempenho foi no mercado brasileiro, muito graças a parceria com a Tec Toy, que ao contrário da Tonkya nos EUA, fez um trabalho exemplar com a consola no Brasil. Um excelente trabalho de marketing , que envolveu inclusive programas de TV, como o “masterdicas”, desde a fabricação de novas versões do aparelho(Master System III, Master System Super compat,etc.)
    Para ficarmos com uma ideia do carinho que muitos jogadores brasileiros dispensam a essa máquina fica aqui uma frase emblemática. “Quem nunca teve um Master System não teve infância”. Salvo o exagero, a frase revela muito da marca que o Master System deixou no coração de muitos gamers brasileiros.

    Os jogos mais celebres da Master System foi a franquia do Alex Kid (não percebo como é que a SEGA deixou cair esta franquia), Wonder Boy(outra boa franquia que desapareceu no tempo), Phantasy Star(tudo começou no Master System. Provavelmente e discutivelmente, o melhor RPG da era das 8 bits), Sonic( também a Master System teve o seu quinhão de grandes jogos do ouriço azul.), Out Run, Shinobi.

    O meu contacto com a consola propriamente dita foi pouco, e foi em casa de um primo meu a jogar o Alex Kid. Mas já joguei alguns jogos da Master System no Pc usando emulador. Joguei pelo menos um jogo da Saga do Alex Kid, os Sonics, Bubble Bobble, Out Run, Columns e os Sonics.

    O balanço é de uma boa consola, com uma excelente biblioteca de jogos, não com a quantidade que havia para a Nintendo, mas a qualidade na minha opinião pessoal nada fica a dever. Ao contrário de outros casos em que houve erros da SEGA, a Master System não mostrou mais, porque quando esta entrou no mercado, as regras do jogo estavam viciadas. Mas onde a deixaram concorrer ela mostrou todo o seu valor e deixou a sua marca na história dos videojogos.
     
  19. osvelhostempos Normal Mushroom
    aa

    osvelhostempos
    Mensagens:
    951
    Mais uma vez um bom texto.

    O sucesso na Europa também deveu-se em parte a Mastertronics, que conseguiu construir uma boa equipa para o marketing e publicidade. Tão boa, que a Sega comprou a divisão inteira em 1990 e mudou o nome para "Sega Europe".
     
  20. mmp029 Mini Mushroom
    aa

    mmp029
    Mensagens:
    209
    Boas pessoal, alguém me pode ajudar!?!

    Adquiri à pouco uma Master System II!

    Queria liga-la à TV de lá de casa, mas não consigo!

    Tenho uma TV normal(CRT), já liguei o cabo à antena da tv, mas não dá nada!

    Já tinha experimentado noutra tv, um pouco mais antiga, que não tem a entrada scart, apenas a entrada da antena e funcionou bem!

    Como posso fazer?
     

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio