Nintendo NX: Factos, pistas e especulação

Discussão em 'Artigos' iniciada por FNintendo, 1 de Janeiro de 2015.

  1. raidenpt 1-Up Mushroom
    aa

    raidenpt
    Mensagens:
    1.178
    NN ID:
    Raidenpt
    Sendo por streaming tens sempre lag adicional por muito rápida que tua conexão caseira seja.
    Em jogos frenéticos com muita accao nota-se isso bem, eu por exemplo notei que a ps3 tinha inpug lag adicional nos jogos ps1 através do legend of the dragoon onde tinha dificuldade em acertar nos combos.
     
  2. neveda Redactor Chefe
    aa

    neveda
    Mensagens:
    33.376
    NN ID:
    neveda
    Switch FC:
    5357-7881-4111
    A tecnologia de streaming ainda me parece demasiado limitativa para se fazer uma consola em torno dessa tecnologia. Podia ser um extra, sem dúvida, mas não o main focus dela.
     
  3. niko_pt Bee Mushroom
    aa

    niko_pt
    Mensagens:
    4.890
    NN ID:
    niko-pt-84
    Switch FC:
    0987-0146-8108
    Também tenho grandes dúvidas que o streaming possa ser uma solução viável, possível é, pode é ser motivo de bastante lag.

    Caso a NX seja mesmo híbrida acho normal voltarem aos cartuchos, custa-me a crer é que a mesma consola tenha duas slots de leitura do mesmo jogo. Os cartuchos podem significar que a leitura do jogo é feita sempre na parte portátil da consola e quando se utiliza a interface caseira da consola o jogo fica em full.
     
  4. BraveBold Spring Mushroom
    aa

    BraveBold
    Mensagens:
    9.032
    NN ID:
    XenoManso
    Switch FC:
    0916-2960-3113
    Gostei bastante do artigo de opinião
    Parabéns

    Se for mesmo isto, estou interessado na cena
    Ter muitos dos jogos que só saiam nas portáteis Nintendo , serem agora também possíveis de jogar numa caseira é excelente e será a tentativa da Nintendo em agradar a 2 mundos

    Mesmo que algumas 3rd não gostem do esquema, a consola seria sempre "abençoada" com os 3rd que agora vão saindo na 3Ds e os raros da Wii U
    E com vendas de jeito, até puxavam mais apoio 3rd party
    Além de que conseguem um maior ritmo de lançamentos 1st party

    Se tiver erros, ou parecer consufo @estou como o raidenpt....a culpa é do vinho de Elvas Loli
     
    raidenpt likes this.
  5. Bacx Moderador Chefe
    aa

    Bacx
    Mensagens:
    6.581
    NN ID:
    Bacx9000
    Switch FC:
    8317-8866-9581
    @Deus ex-Machina @Rony G e resto do pessoal

    Não consigo perceber qual é o problema de ter cartuchos na caseira também, já expliquei que não tem problema algum, nem preço nem espaço. Ter de usar uma conecção online para descarregar o resto da data seria muito mal recebido e limitaria imenso o potencial do formato caseiro.

    Isto não é nenhuma gimmick, é o futuro e com provas de sucesso no Apple e Google. Quanto ao hardware, já disse que não deve ser difícil ter uma capacidade a nível da Xbox One, o que é perfeitamente aceitável. A capacidade do hardware nunca trouxe por si só o sucesso, basta olhar para a PS3, Xbox original, N64, PSP ou Vita.

    E por favor, não descrevam o que eu defendo com híbrido, um híbrido é a mesma consola ser portátil e caseira ao mesmo tempo, aqui há duas máquinas diferentes.

    Duas slots? Quem é que falou nisso? Nem mesmo num modelo híbrido isso faria sentido.

    @BraveBold5

    Resumiste na perfeição o que espero da consola.
     
  6. niko_pt Bee Mushroom
    aa

    niko_pt
    Mensagens:
    4.890
    NN ID:
    niko-pt-84
    Switch FC:
    0987-0146-8108
    Das duas slots, já não me lembro o porquê..., sei que não é do teu artigo, e também acho que não faz sentido!

    Quanto aos cartuchos, também não vejo nenhum problema, não vejo isso como um retrocesso, pelo contrário. Depois há a questão que os leitores de bluray são bastante caros, no PC há jogos que vêm com 6 DVD's porque o leitor de bluray não é muito usual estar num PC devido ao preço, possivelmente o cartucho hoje em dia é uma boa opção.

    A única coisa que estou reticente é a NX poder ser uma híbrida e depois ter problemas como consola caseira e móvel...
     
  7. Jonnybravo 1-Up Mushroom
    aa

    Jonnybravo
    Mensagens:
    2.284
    NN ID:
    Jonnybravo5
    E segundo ele não estava na posse total das suas faculdades, olha se estivesse...

    @Bacx, já entendi qual a tua visão sobre a consola. Quando falaste na ideia dos cartuchos noutro tópico não estava a compreender, mas lendo o artigo e a discussão aqui, penso que as tuas suposições vão na direcção correcta (pelo menos têm lógica, agora se a Nintendo vai por esse caminho já é outra história).

    Já estou é a salivar por um direct que nos mostre um bocadinho mais da luz ao fundo do tunel.
     
  8. Bacx Moderador Chefe
    aa

    Bacx
    Mensagens:
    6.581
    NN ID:
    Bacx9000
    Switch FC:
    8317-8866-9581
    @niko_bellic
    Além disso os leitores de discos tornam as consolas muito mais susceptíveis a falhas e têm fiabilidade baixa.

    Não tenhas medo do híbrido, a Nintendo já disse que não vai fazê-lo há uns tempos.

    @Jonnybravo

    Sim não garanto que a Nintendo vá por este caminho, mas parece-me muito sinceramente que é muito provável, as pistas já vão sendo dadas desde 2013 e todos os avanços e dados têm sido nesse sentido. O que tenho mais dúvidas é se depois implementam este plano correctamente. Eu dei a minha opinião do como acho que devem proceder, mas a Nintendo tem muitos mais dados para analisar do que eu e especialistas na matéria (que também falham).

    Quanto ao direct duvido que a revelação seja lá, eu apostaria num cheirinho após os resultados do ano fiscal em abril de 2016 e com uma revelação total na E3.
     
  9. raidenpt 1-Up Mushroom
    aa

    raidenpt
    Mensagens:
    1.178
    NN ID:
    Raidenpt
    Não percebi o exemplo da Apple.

    E nao te esqueças nos exemplos das consolas que deste todas elas falharam não por ser muito ou pouco potente mas por outras razões
    Vita - falta de apoio por parte da Sony, sem multi million sellers ns consola, cara , mercado mobile forte etc.

    Xbox saiu muito tarde na geração e era uma "virgem americana"

    N64 já se discutiu no outro tópico.

    E a PSP não foi um falhanço, ela vendeu bem (80 m) sofreu foi de muita pirataria.
    Nem tão pouco a ps3 foi... Começou mal mas acabou bem (números próximos da wii)
    Não entendo bem estas dois exemplos mas pronto.
     
  10. niko_pt Bee Mushroom
    aa

    niko_pt
    Mensagens:
    4.890
    NN ID:
    niko-pt-84
    Switch FC:
    0987-0146-8108
    Acho que o exemplo da PS3 é porque era uma consola potente, ligeiramente acima da xbox360, mas o engraçado é que por dificuldades de programação ou por uma questão de bitola (apontavam às capacidades da xbox360), os ports rodavam igual ou pior que na xbox360.

    Mas a ps3 foi uma consola de sucesso, tem excelentes jogos ( deve ser a consola que tenho melhor catálogo), mas devido aos problemas iniciais há quem pense que não, a Sony corrigiu na Ps4 o que falhou na ps3, a ps3 serve de exemplo que não basta colocar no mercado o mais potente até porque depois podem existir outros problemas que não deixem usufruir dessas capacidades.

    A nintendo não é conhecida por colocar consolas que sejam o último grito em hardware, acho que nem é por ai, normalmente falham é no relacionamento com as third-party.
     
  11. raidenpt 1-Up Mushroom
    aa

    raidenpt
    Mensagens:
    1.178
    NN ID:
    Raidenpt
    Sim também não digo que hardware seja tudo nas por exemplo a ps4 tem basicamente publicidade grátis por causa da cena toda dos 1080p.

    A wii u foi gozada por vir com hardware com 7 anos de idade...

    A wii safou se disso porque tinha uma controlos por movimento que tapava buracos.

    As consolas que ele deu o exemplo iam falhar na mesma se fossem mais fracas ou ainda mais fortes porque cometeram outros erros graves.

    Única vez que me lembro de uma consola em ser potente ser um erro foi a Neo geo que era bem mais potente que a concorrência mas era muito cara, onde um jogo podia custar 150 euros-200.

    E sabemos que um consola muito inferior faz com que para trazer ports de jogos de outra consola daria trabalho extra ou no pior das hipóteses impossível de o trazer.
     
  12. neveda Redactor Chefe
    aa

    neveda
    Mensagens:
    33.376
    NN ID:
    neveda
    Switch FC:
    5357-7881-4111
    A PS3 tinha componentes inferiores à Xbox 360. Uma não era superior à outra. Eram diferentes, cada uma com as suas forças e fraquezas.

    A PS4 está a ganhar sobretudo por causa de uma apresentação desastrosa por parte da Xbox One e da forma como a internet+media não percebeu que algumas coisas até eram boas ideias (eu incluido). Para além de a Microsoft não ter entendido (na direcção do Don Mattrick) que que a Xbox One deveria ter um focus mais virado para o uma consola de jogos. Viam-na mais como uma box para estar na sala. A consola sair para as lojas com Kinect de forma obrigatória encareceu estupidamente da Xbox One também.

    A Sony foi esperta em capitalizar isso no marketing. Alias, está por provar que a Sony não tinha as mesmas ideias no online obrigatório, houve até alguns rumores nesse sentido. O For the gamers vem só depois do desastre da Xbox.

    O sucesso de uma consola depende muitos mais de como está o mercado, do timing de lançamento, do que da sua potência. A Wii é um exemplo, a PS2 também.
     
  13. niko_pt Bee Mushroom
    aa

    niko_pt
    Mensagens:
    4.890
    NN ID:
    niko-pt-84
    Switch FC:
    0987-0146-8108
    ^ Quando eu me referia à Ps3 vs xbox360, era a respeito da performance global do hardware , na altura li em alguns locais que os sistemas eram bastante diferentes e personalizados mas com uma performance global similar apesar de uma ligeira vantagem da PS3, apesar de haver algumas coisas que a xbox360 supere a Ps3, passo a fazer uma citação:

    "The final winner of the tech throwdown is the PlayStation 3, capturing seven of the overall categories. Once again, both systems have their own unique strengths. But from a technical standpoint, the PS3 has more horsepower and support for a wider range of high resolution video and audio. But despite being a year older, the Xbox remains surprisingly competitive in some areas.
    In the end, what matters is how developers and publishers choose to take advantage of each console."

    fonte: IGN

    O resto concordo plenamente.
     
    Última edição: 12 de Fevereiro de 2016
  14. raidenpt 1-Up Mushroom
    aa

    raidenpt
    Mensagens:
    1.178
    NN ID:
    Raidenpt
    A wii é um exemplo sim senhora porque tinha uma gimmick a suportar a falta de hardware, mas ps2 nao.
    A ps2 era na verdade mais potente que a Dreamcast que era a única concorrente no mercado e beneficiou do alto hype por ser sucessora da ps1.
    A gamecube e xbox só vieram quase 2 anos depois... o impacto disso deu para ver na geração seguinte com que aconteceu a ps3 por vir 1 ano mais tarde(eu sei que nao foi só o unico problema but you get it).
    E nesses 2 anos já a ps2 dominava o mercado, todos os teus amigos com quem querias jogar provavelmente ja tinham uma ps2, e a gamecube não lia dvds e a xbox era nova no mercado...

    Nao é so o mercado, é o que a consola te oferece, neste caso a ps2 lia dvds, tinhas uma desculpa perfeita para pedires uma aos teus pais já que os leitores dvds custavam pouco menos que uma consola na altura.

    Nao digo que estejas errado em relaçao a xbox one, tens toda a razão, mas isso foi numa fase inicial do primeiro ano onde pessoas desinformadas talvez ficassem com uma má imagem.
    Neste momento todos tem internet e todos sabem o que a xbox one oferece, isso não é desculpa nenhuma.
    Se neste momento mesmo assim vende menos é porque tem também hardware inferior, como te disse, os 1080p faz mais diferença do que tu pensas
    Eu proprio noto que tive a ps4 depois da xbox one e neste momento tenho mais jogos para ela por serem melhores.

    Basta ver comparaçoes entre jogos xbox one e ps4, a ps4 ganha 90% das vezes, da direito a publicidade gratuita a consola como sendo a "melhor".
     
  15. neveda Redactor Chefe
    aa

    neveda
    Mensagens:
    33.376
    NN ID:
    neveda
    Switch FC:
    5357-7881-4111
    A potência não assim tão relevante. Alias como tu referes no caso da PS2, aí o timing de lançamento é muito mais relevante e tinha um extra valioso que era o DVD. Tal como o hype desmesurado que a consola teve.

    Sobre a Xbox One. Não é pessoas desinformadas. Houve realmente um revolta generalizada que culminou com a substituição do responsável da divisão Xbox. Não foi uma coisa menor. Foram erros que condicionaram toda esta geração Xbox. Ao focares a consola como um dispositivos multimédia, parte das specs foram direccionadas nisso, tal como a estratégia de marketing. Tenho muitos "amigos" da 360 que saltaram para a PS4 por isso e também por causa do lançamento faseado. Etc.

    A Xbox 360 também ganhava em 90% das vezes no multis e não houve essa discrepância.

    Um dos trunfos da Xbox 360 foi ser a casa do multiplataforma mais relevante da geração passada, o Call of Duty. E se um amigo teu tem uma 360 para jogar isso, a probabilidade tu comprares é superior. Isso depois fica exponencial. Por isso, acho muito mais relevante contratos de exclusividade de conteúdos como Destiny (em que a percepção de muitos é que era um exclusivo PS4) do que a guerra parva 900p vs 1080p. Isso é mais e-pénis da internet do que outra coisa. A maior parte dos jogadores não nota isso. E se quer notar está errado em optar por uma consola.

    Por fim, o branding Playstation continua a ser o mais importante da industria.
     
    Última edição: 12 de Fevereiro de 2016
  16. raidenpt 1-Up Mushroom
    aa

    raidenpt
    Mensagens:
    1.178
    NN ID:
    Raidenpt
    Se a guerra é parva ou não não importa, o que interessa é que tem mais peso que o tu pensas.
    Nao te esqueças que a ps3 acabou por ter melhores vendas do que a xbox 360 no final da geraçao.

    E continuo a dizer que a ps4 teve esse inicio muito por culpa da propria microsoft mas o que veio depois nao, toda a gente é informada, todos sabem das diferenças mas a ps4 continua a celindrar a xbox one com racio de 2:1 .

    A consola ainda não teve exclusivos de peso ao contrario da xbox one e mesmo assim vende mais, quem comprar agora acho que provavelmente vai para a consola mais "potente" e melhor a pensar no futuro.

    Ja ninguém se lembra do online only ao ir uma loja e ver a consola a venda e que se lembra provavelmente ja tem uma ps4 ou xbox one ainda com kinect.
     
  17. neveda Redactor Chefe
    aa

    neveda
    Mensagens:
    33.376
    NN ID:
    neveda
    Switch FC:
    5357-7881-4111
    Não leste tudo o que eu disse. :P

    O ímpeto inicial da consola é sempre relevante. A Xbox One para recuperar do inicio mau só fazendo versão slim com preço competitivo e assegurar títulos third party que serão exclusivos consolas PS4. De resto os erros estão todos cometidos e a potência é o menos relevante deles. A geração ficou perdida logo no primeiro ano.

    Isto depois têm explicações de marketing e há efeitos bola de neve (tem outro nome técnico que não me lembro). Se um amigo tem uma consola X a probabilidade de um comprar essa X em detrimento da Y é superior. Se uma loja tem mais conteúdo da consola, é mais provável eu comprar essa consola.

    Os exclusivos first party cada vez interessam menos, o que interessa é assegurares os jogos mais importante dando um camuflado exclusivo. Ou com conteúdos ou serem actualmente exclusivos de consolas. A Sony fez isso bem, tal como direccionar toda a campanha de marketing para os jogadores.

    Resumindo. Focus errado da One, com preço mais elevado que a concorrência. Lançamento ainda mais faseado. Jogos bandeira da primeira fase da geração como Destiny com conteúdos e marketing exclusivos da concorrência, alienação de muitas produtoras japonesas. Tudo isso é mais importante que 1080p.

    A PS3 ultrapassou a Xbox 360 em vendas porque a Sony vez um forcing final forte, e teve muitos jogos japoneses que acabam sempre por captar algum mercado não por causa da potência da consola. Isso é o menos relevante quase sempre. A história da industria é tão clara sobre isso.
     
  18. neveda Redactor Chefe
    aa

    neveda
    Mensagens:
    33.376
    NN ID:
    neveda
    Switch FC:
    5357-7881-4111
    O que quero dizer é que a potência pura e dura não é o primordial. A Sony fez tudo bem com a PS4 e a Microsoft fez tudo errado com a Xbox One. Por isso a diferença de 2:1. O jogador médio nem sabe o que é 900p ou 1080p.
     
  19. raidenpt 1-Up Mushroom
    aa

    raidenpt
    Mensagens:
    1.178
    NN ID:
    Raidenpt
    @neveda estás a entender me errado, eu não estou a dizer que o que disseste até agora é errado principalmente quanto as políticas aplicadas pela Microsoft.

    Mas a verdade é que o hardware importa, senão a dreamcast teria sobrevivido ao hype da ps2 ser um super computador ou a Apple não teria perdido mercado para a Samsung.

    Quem não se lembra do blast processing?!?
    O hardware sempre teve um grande peso na compra de uma consola e enquanto estás forem neste formato vai continuar a ter.

    Agora não digo que outros fatores também não tenham peso, mas uma coisa não invalida a outra.
     
  20. neveda Redactor Chefe
    aa

    neveda
    Mensagens:
    33.376
    NN ID:
    neveda
    Switch FC:
    5357-7881-4111
    A Dreamcast estava morta à nascença. As vendas até eram bem razoáveis, a Sega não tinha era dinheiro para aguentar com ela. Provavelmente nem teria condições financeiras para a lançar. Falta de apoio da EA por exemplo foi falta também. Houve tantos factores, e um dos principais para mim, o foco num tipo de jogo que estava a fugir do jogador mainstream, jogos estilo arcade. O hardware foi secundário.

    Blast processing foi marketing. A Sony não usa os 1080p como marketing generalizado. Isso é uma discussão de internet ou de quem ganha dinheiro com comparações directas. O sucesso da PS4 deve-se à capacidade da Sony ter capitalizado os erros alheios e não ter cometido grandes erros no planeamento desta geração. Se a Xbox One fosse mais potente e os erros fossem os mesmo no resto, continuaria atrás da PS4.

    A Wii era um vergonha do ponto de vista técnico, e um timing perfeito, com preço excelente e com um mercado receptivo, revelou-se um sucesso.
     
    Última edição: 12 de Fevereiro de 2016

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio