Sega Saturn Virtua Fighter 2

Discussão em 'Outras plataformas' iniciada por jabun, 21 de Março de 2012.

  1. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.686
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    The Story of Virtua Fighter, Retro Gamer nº 37

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2015
  2. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    312
    Este jogo quando saiu foi revolucionário. Eu nunca tinha jogado um fighter a 3D, por isso foi uma experiência completamente nova para mim. Hoje em dia está obviamente datado, mas na altura era o melhor fighter no mercado.

    Eu lembro-me de o jogo ter até bom marketing por detrás. Recordo-me de ver alguns anúncios e posters ao jogo por Lisboa. E quem não se lembra daquele concurso de TV o Cybermaster? No final os jogadores jogavam uma partida de VF2!

    Infelizmente, a Sega não soube capitalizar no sucesso do VF2. Também o jogo saiu numa altura em que a !queda" da Sega já estava em andamento e isso não ajudou. O VF3 ainda teve algum sucesso, mas o Tekken 3 acabou por o ofuscar e o resta da história já todos sabemos.

    E já agora, O VF pode requer mais paciência do que outros jogos do género e pode ser um pouco mais complexo, mas não é assim um bicho de sete cabeças. Tem bons training modes que explicam bem os controlos. Além disso o jogo é generoso ao oferecer um botão de block, em vez de relegar essa função para o D-pad como a maioria dos jogos de luta. Por isso, acho que essa reputação/fama do VF ser um jogo muito complexo e tal é um bocado exemplo da velha máxima de "os vencedores escrevem a história). O Tekken estreou-se na consola mais popular e tinha melhor grafismo e personagens mais carismáticas, o que fez com que parecesse bem mais "cool" na mente das pessoas. Se bem que acho que fazer do Akira a personagem principal do VF foi um tiro no pé da Sega. A personagem principal de um jogo de luta NUNCA pode ser das mais difíceis de dominar. Deviam ter escolhido a Pai, o Jacky ou a Sarah; que são, de longe, os mais acessíveis para os noobs.

    Nunca joguei o VF5, mas o VF4: Evolution é bem bom e orgulho-me de o ter na minha colecção.

    Ressuscita esta franquia, Sega. Com tão bom património de jogos e trata-lo tão mal...
     
  3. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.686
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Virtua Fighter 2 e Soul Calibur 2. Os meus fighters 3D preferidos de sempre
     
  4. Zetsu Spring Mushroom
    aa

    Zetsu
    Mensagens:
    9.458
    Eu acho que o VF é o jogo de luta que maior barreira coloca ás pessoas que não estão habituadas a jogos de luta. Os training modes "bons" só a partir do 4 é que surgiram, principalmente o VF4 EVO que tem provavelmente o melhor training mode de sempre, mas ainda assim não é de todo tão acessível como outros do mesmo género. Para sair um VF6 tinha de ser muito bem pensado dada a competição actual.
    A Namco tratou o Tekken muito melhor para as massas, desde um botão para cada membro, não mexer no conceito de defender com o D-Pad que já vinha da geração anterior e criar uma trama que tornam as personagens mais interessantes deixando uma fio condutor para os que se seguiram.
    Quanto ao Akira, tendo em conta os outros fighters, não acho que ser difícil de dominar tenha algo a ver com o sucesso do jogo junto do publico.

    O VF2 acho que é o melhor jogo de luta 3D da Sega Saturn.
     
  5. lobito180 Normal Mushroom
    aa

    lobito180
    Mensagens:
    635
    Já a mim o que mais acho complexo no jogo é mesmo ter um botão específico para defender. Para mim o mais intuitivo é defender ao carregar para andar para trás, o que faz com que leve sempre muito mais porrada do que é suposto...
     
  6. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    312
    O Tekken, para além dos combos fáceis tipo "carregar duas vezes no X" também tem golpes de artes marciais verdadeiros e as personagens no gerla têm um estilo de luta muito parecido ao de um de uma arte marcial verdadeira.

    Sim, o Tekken e o MK devem ser os dois jogos de luta com os universos e histórias mais trabalhados. O MK com que então, a sua lore supera a de qualquer jogo de luta.

    Dependa da pessoa, se calhar. Eu sempre tive maior dificuldade nos Mortal Kombats antigos do que no Street Fighter, apesar de o SF ser um jogo mais complexo. Se bem que os MKs antigos tinham também as suas partes difíceis, mais por causa da dificuldade "injusta" e mais "cheap". Tipo, bosses como o Motaro e o Shao Khan eram completamente broken. E a AI no MK2 fazia tanta batota, jesus...
     
  7. lobito180 Normal Mushroom
    aa

    lobito180
    Mensagens:
    635
    Não concordo que o Tekken tenha combos assim tão fáceis, poucas vezes basta carregar duas vezes no mesmo botão, e caso existam combos desses não infligem muito dano... Acho sim que é mais fácil de conseguires fazer coisas a carregar nos botões ao calhas, mas isso porque, especialmente nos jogos mais recentes, cada personagem tem uma panóplia enorme de combos e é relativamente fácil fazeres duas ou três combinações bem feitas.
    Já Virtua Fighter, a minha pouca experiência com a série demonstra que se carregares três vezes no soco ou no pontapé os personagens têm sempre um combo. Não quero com isto dizer que VF não tem profundidade, longe disso! Até deve ter bastante, eu é que nunca mergulhei a sério na série, apesar de ter o 2, o 3tb e o 4 Evolution (destes o que joguei mais até agora foi o 2 mas, mesmo assim, nada de especial).
     
  8. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    312
    Bem, de certa forma tens razão. O Tekken é acessível para noobs e casuais... mas também tem profundidade para os hardcores. É um jogo fácil de "pick up" mas um jogo complicado para dominar.

    EU não tenho o Tekken 6 nem o 7. Mas até nos Tekkens 3, 4 e 5 a coisa fazia-se se carregasses nos botões ao calhas hehe. Quanto ao VF, isso é outra coisa que muita gente não sabe. Apesar da complexidade do jogo, é mais fácil fazer "links" do que no SF por exemplo. O VF é um jogo muito bem feito e equilibrado. E é justo. No SF eu ás vezes tenho que lutar para fazer um raio de um Shoryuken.

    Eu acho que o Street Fighter até é o jogo de pancadaria mais difícil de dominar. Principalmente dominar alguém como o Ryu, uma personagem com golpes que toda a gente conhece de gingeira. Reparem que há muito poucos Ryus de topo. Assim de repente só estou a ver o do Daigo Umehara. O Ryu é mais uma ferramenta para aprender o jogo e é conhecido por ser um "a character who's easy to pick-up but hard to master".

    E só para deixar claro, eu gosto imenso de jogos de pancadaria, mas não sou um perito neles. Sou bom o suficiente para derrotar pessoas que não os jogam "a sério", mas qualquer jogador que é suficiente bom online vence-me tranquilamente. Contra jogadores melhores eu venço praí 1 a cada 10 combates. É por isso que jogos de luta são tão intimidadores. É preciso encarar um jogo como um segundo emprego para se competir seriamente com os jogadores de topo. Eu só quero ser bom o suficiente para ganhar por vezes aos meus e-amigos. Não quero ser um jogador de topo, pois não quero dedicar-me 100% a um ou dois jogos. Tenho mais que fazer na vida lol
     
    Última edição: 20 de Julho de 2019
  9. lobito180 Normal Mushroom
    aa

    lobito180
    Mensagens:
    635
    Estou contigo nesse comboio. Gosto de jogos de luta, mas tirando Tekken que sei jogar minimamente, devido aos muitos anos de experiência com a série, é difícil de entrar numa nova IP e apagar o que já se sabe de outra.
    No Street Fighter sem saberes golpes especiais não vais a lado nenhum, diria eu. É mais difícil de começar, mas quando vês dois jogadores de topo a jogar aquilo à série mais parece um jogo de xadrez, em que tudo parece calculado ao milímetro.
    Mesmo jogos 2D agora já apostam quase todos num ataque noob friendly, em que basta carregares no mesmo botão fazes um combo decente (assim de repente vem-me à cabeça o Dragon Ball FighterZ e o Persona 4 Arena).
    Para mim um bom jogo de luta é assim: consegues fazer alguma coisa minimamente decente logo no início, mas se continuares vais melhorando. E isto implica não te obrigar a passar tardes inteiras no training mode!
     
  10. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    312
    Sim o SF tem muito "footsies". Muitas rasteiras e muitos murros enquanto te agachas. E personagens como o Sagat e o Guile são "turtles". Ficam no canto a jogar à defesa enquanto os Kens e as Cammies tentam quebrar as suas barreiras defensivas. De facto, um Tekken ou até mesmo um KOF são mais fluídos.
     
  11. Zetsu Spring Mushroom
    aa

    Zetsu
    Mensagens:
    9.458
    O VF4:EVO é tão incrível que no modo Quest/Kumite o jogo vai analisando os teus padrões e avisa-te de tempos a tempos com cenas tipo "atacas pouco em baixo" ou "não usas muito os grabs" e sentes que podes voltar aos tutoriais para melhorar esses pontos e incluir na tua estratégia os movimentos certos. É dos jogos mais exigentes no que diz respeito a timing dos inputs. O VF5 conseguiu deitar isso tudo por água abaixo infelizmente.

    Foi isso que conquistou grande parte do publico. Mesmo quem não percebe nada de jogos de luta, sente que pelo menos está a fazer algo. A Capcom tornou o SF4 mais permissivo e foi o sucesso que foi. É quase imprescindível ter um "noob friendly mode" hoje em dia. Como já referiram o DBZ FighterZ é exemplo disso, mas não sei se propriamente o melhor exemplo porque tem por base uma franquia que por si só vende qualquer coisa. De qualquer forma a Arc System adaptou-se bem ao mercado.

    O Daigo já não joga de Ryu, o Guile tomou o lugar porque o Ryu tem muitas fraquezas no SFV. Aliás no EVO do ano passado não houve um único Ryu nem Ken no top 8 de finalistas. Mas concordo que tanto o Ryu como o Ken são tipo os "bonecos de teste" para quem pega num SF pela primeira vez.

    No entanto discordo que o VF seja mais equilibrado que SF ou vice-versa. Aliás todos os jogos de luta são em algum ponto desequilibrados. A facilidade de adaptação é outra conversa.
     
    Kasuga Kyosuke likes this.
  12. Kasuga Kyosuke Mini Mushroom
    aa

    Kasuga Kyosuke
    Mensagens:
    312
    A sério? Eu acho o SF4 complexo e muito difícil para noobs. OS focus attacks e os FADCs deram mais complexidade à coisa. Eu nunca consegui fazer aquele FADC em que a meio do Shoryuken tu "cancelas" depois fazes o Metsu Hadoken. Saquei-o uma vez ou outra mas por acidente.

    Eu se tivesse que recomendar um SF para um noob seria a série Alpha. Os noobs adoram saltitar nos jogos de luta e na série Alpha podes disparar projécteis no ar e bloquaer ataques no ar.

    Olha eu não tneho o V ainda e nem tenho visto nada do mesmo, por isso referia-me apenas ao Supr Turbo e ao Third Strike.

    No SF4 o Alex Vale jogava o Hugo. Cheguei a enfrentá-lo uma vez ou outra quando ele jogava no PC. Não me lembro de como correu mas devo ter perdido e bem lol

    Eu sempre me safei melhor com o Ryu do que com o Ken. Dou-me melhor com personagens mais defensivas... mas infelizmente joguei muito tempo com a Cammy para perceber isso LOL. Mas a sério, é importante ser bom com o Ryu, o Sagar, o Dhalsim, etc. Esses ensinam bem uma pessoa a defender e a ter paciência.
     
  13. Zetsu Spring Mushroom
    aa

    Zetsu
    Mensagens:
    9.458
    Mais permissivo no sentido em que para lançar um hadoken não precisas do input exacto. Há uns vídeos que mostram isso.

    Claro que técnicas mais avançadas são mais difíceis mas para iniciados é bom fazer o "básico" com facilidade.
     
    Kasuga Kyosuke likes this.

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio