1. Juntem-se ao servidor de Discord do FNintendo. Juntem-se aqui.

Playstation Wild Arms

Discussão em 'Outras plataformas' iniciada por jabun, 29 de Dezembro de 2016.

  1. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    [​IMG]

    Na primeira metade da década de 90, para os fãs de RPGs japoneses havia uma consola absolutamente fundamental: a Super Nintendo. No entanto, na segunda metade da década e com a chegada da 5ª geração de consolas, seria expectável que a Super Nintendo passasse o cetro de rainha dos RPGs para a sua irmã mais nova, a Nintendo 64, o que nunca veio a acontecer, pois a Sony apercebendo-se da importância deste género para poder triunfar no Japão, apoiou e incentivou várias software houses a criarem RPGs para a sua 32 Bits, sendo o corolário máximo deste esforço a ida de Final Fantasy VII para a consola da Sony.

    [​IMG]

    É neste contexto que a PS1 recebe, nos primeiros tempos da sua vida, alguns RPGs de excelente qualidade como Suikoden, Vandal Hearts, Alundra ou Wild Arms, títulos que começaram a convencer os entusiastas do género de que valia a pena a aquisição da PS1.

    [​IMG]

    Wild Arms foi desenvolvido pela Media Vision, uma pequena software house japonesa, criada essencialmente para desenvolver software para a primeira consola da Sony. Em 1995 lançaram o excelente Rapid Reload, um run and gun que vai buscar muitas inspirações ao mítico Gunstar Heroes, da Treasure, e que foi muitíssimo bem recebido. Wild Arms é o segundo projeto desta pequena empresa, tendo sido lançado no Natal de 1996, tendo sido de imediato muitíssimo bem recebido pelos jogadores e pela crítica especializada. A versão PAL apenas nos chegou em 1998, o que originou a que o jogo chegasse a estas paragens já algo datado, não recebendo, por isso, a receção entusiástica que mereceria dois anos antes.

    [​IMG]

    Sendo obviamente influenciado por jogos como Zelda: a Link to The Past (SNES), Soleil (Mega Drive) ou Final Fantasy VI (SNES), Wild Arms é um RPG tradicional, que se destacou dos demais por se localizar no Velho Oeste americano, com toda a OST, produzida por Michiko Naruke, a ser lembrada ainda hoje pela sua qualidade, estando perfeitamente enquadrada nos Spaghetti westerns em que se inspira. O jogo destacou-se também pelas belíssimas sequências anime que deixaram boquiabertos que as viu em 1996 (sendo de destacar a excelente Opening), produzidas pelo agora conhecidíssimo estúdio de animação japonesa, a Madhouse.


    Into The Wilderness - Wild Arms Opening
    Um das melhores openings de sempre.

    O jogo segue as aventuras de um bando de três aventureiros chamado Caçadores dos Sonhos que vagam pelo mundo de Filgaia em busca de emoção e felicidade. O personagem principal é Rudy que tem a capacidade de operar armas poderosas, denominadas como Ancient Relic Machines, que parte para a aventura juntamente com Jack (que está sempre acompanhado por Hanpan, um simpático ratinho) e a jovem princesa Cecília, uma estudante de magia.

    [​IMG]

    Mil anos antes dos eventos decorridos em Wild Arms, os habitantes de Filgaia travaram uma dura batalha contra um exército de demónios, que queria tornar o planeta na sua nova casa. Depois de uma guerra sangrenta, os humanos conseguiram capturar a Mother, a líder dos Demónios, e aprisiona-la num castelo, pois o seu corpo autorregenerava-se, fazendo com que fosse impossível elimina-la. Sabendo que a sua líder está viva, os demónios querem resgata-la, com os nossos três heróis a serem metidos ao barulho sem se darem conta, ficando envolvidos numa demanda que vai ser fundamental para o destino do Mundo. O enredo não ganha nenhum Óscar, mas é apelativo o suficiente para nos levar até ao fim valendo bem a pena descobrir todos os segredos que o mundo de Filgaia tem para desvendar.

    [​IMG]
    [​IMG]

    O sistema de combates é o típico dos RPGs dos anos 90: os bons e velhos combates por turnos, embora os de Wild Arms sejam rápidos e dinâmicos, podendo mesmo cativar quem não seja fã deste sistema de combate. Os modelos dos personagens nas batalhas, no entanto, não envelheceram muito bem, apesar do grafismo do jogo nos restantes departamentos seja ainda hoje muito agradável.

    [​IMG]

    Numa consola com uma biblioteca de RPGs tão grande, nem sempre é fácil sobressair, ainda para mais para um jogo oriundo de uma pequena software house, que não tinha os meios financeiros e a experiência de uma Squaresoft, de uma Enix ou de uma Konami. No entanto a Media Vision lançou aqui um excelente jogo, cujo volume de vendas impressionou de tal forma a pequena companhia, que justificou a aposta em várias sequelas, todas elas de qualidade (destaque para o terceiro capitulo, que saiu na PS2), mas para a grande maioria dos jogadores, o melhor Wild Arms é mesmo o primeiro. Uma das muitas perolas escondidas do catalogo da primeira PlayStation.

    [​IMG]
    [​IMG]
     
    Última edição: 29 de Dezembro de 2016
  2. Saikyou Mega Mushroom
    aa

    Saikyou
    Mensagens:
    14.266
    NN ID:
    Saikyou
    Mais um excelente post @jabun!

    Tirando a "trilogia" FF, o Grandia foi o primeiro RPG que comprei para a PS1 e Wild Arms foi o segundo. Vai ser um dos jogos a jogar em 2017!
     
  3. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Thanks @Saikyou

    Lembro-me de ter jogado Wild Arms uns bons anos após o seu lançamento. Comprei-o num daqueles negócios do miau (penso eu) em 2005/2006 em que comprei um duzia de jogos PS1 por meia duzia de euros. Enfim, bons tempos em que era barato comprar jogos antigos eheh

    Escusado será dizer que adorei o jogo, ao ponto de o considerar mesmo um dos RPGs que mais gostei de jogar na consola. A ausência do WA 2 na minha coleção é uma lacuna que ainda tenho por resolver
     
    BraveBold and Saikyou like this.
  4. Light Golden Coin
    aa

    Light
    Mensagens:
    85
    Conseguiste acabá-lo sem um strategy guide, @jabun ? Sempre ouvi dizer que era bem difícil. Nunca o joguei, mas tenho curiosidade em experimentá-lo, acho que nunca vi ninguém a dizer que o jogou e não adorou ou pelo menos gostou. É pena ter passado despercebido, o facto de ter sido lançado na altura do FF VII não ajudou (aqui na Europa um bocado mais tarde).
     
  5. klaud_litah Bee Mushroom
    aa

    klaud_litah
    Mensagens:
    3.639
    NN ID:
    klaud_lita
    Isto só mostra o problema que é a falta de lançamento mundial em alguns jogos. Bons jogos que tiveram menos impacto pela diferença do lançamento fora do japão. Eu nunca joguei ou experimentei mas o que o jabun escreveu deixou me curiosa.
     
  6. Nosferato Redactor
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.804
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    Um dia tenho de embarcar nessa jornada, mas em modo portátil na PSP.
     
  7. BAlvez 1-Up Mushroom
    aa

    BAlvez
    Mensagens:
    1.395
    Eu não conhecia mesmo nada de Wild Arms como jogo (agradeço ao @jabun por este artigo elucidativo para corrigir essa falha minha), mas conheço a banda sonora desta série num todo e é fenomenal. Acho que isto demonstra e muito a qualidade da OST de toda a série!
     
  8. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Este jogo, na Europa, não foi prejudicado pelo FF VII, porque foi lançado um ano depois. Sofreu foi do mal que a maioria dos RPGs lançados ca padeceram: foi lançado em quantidades residuais. O segundo ainda consegue ser mais raro (eu que o diga que estou há anos para comprar um a preços decentes).

    @BAlvez vai ao youtubas e procura as OSTs da serie. Tem algumas malhas de topo! A opening deste primeiro, para mim, é qualquer coisa de excelente

    @Light ja o acabei ha uns tempos valentes, mas sim, volta e meia tive de espreitar um walkhthrough. Mas não achei a dificuldade nada de extraordinário. Há RPGs bem mais complicados
     
  9. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
     
  10. Light Golden Coin
    aa

    Light
    Mensagens:
    85
    Eu quando disse complicado, era mesmo no sentido de não saberes o que fazer ou para onde ir, não em termos de combate. Como usaste um walktrough deduzo que também tenhas tido alguma dificuldade :p
     
  11. Nosferato Redactor
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.804
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    Mas essa componente é típica dos rpgs clássicos. Concordo que muitas vezes se tornou frustrante, mas creio que os rpgs a partir de uma certa altura conseguiram equilibrar bem nesse sentido.
    Actualmente até nos estragam, e oferecem setas e caminhos super estreitos, para que ninguém se perca. Prefiro o meio termo.
     
    Light likes this.
  12. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Ja joguei o jogo há uns anos valentes, mas sinceramente não me lembro de andar perdido!
    E 100% de acordo com o @Nosferato . A linearidade de alguns RPGs de hoje até doi
     
  13. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Este clássico anda a 2 ou 3 euros na PStore. Quem não aproveitar cheira a cocó
     
    G.E.R.M.A.N. likes this.
  14. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Pessoal estão abertas as hostilidades para o início da run FNintendo deste clássico da PS1.

    É partilhar por aqui a vossa experiência e, para quem ainda não viu, não soltem muita baba com a musica do opening
     
    ze_samot likes this.
  15. G.E.R.M.A.N. Mega Mushroom
    aa

    G.E.R.M.A.N.
    Mensagens:
    10.938
    Switch FC:
    3057-7639-9495
    Eu já joguei meia horinha e começa logo com um twist lol. JRPG na sua forma mais pura, acho que vou gostar muito, e não só a opening, mas a banda sonora no geral é de babar até ver.
     
  16. jabun Colaborador
    aa

    jabun
    Mensagens:
    6.599
    NN ID:
    jabun22
    Switch FC:
    4704-5392-9413
    Meti ai o twist em spoiler @G.E.R.M.A.N. para eu me relembrar eheh

    E sim, a OST é fantástica. É preciso muito talento para uma editora pequena como a Media Vision fazer uma banda sonora destas
     
  17. Nosferato Redactor
    aa

    Nosferato
    Mensagens:
    9.804
    NN ID:
    Nosferato
    Switch FC:
    5746-6701-2799
    Começo a ficar com apetite :P
     
  18. G.E.R.M.A.N. Mega Mushroom
    aa

    G.E.R.M.A.N.
    Mensagens:
    10.938
    Switch FC:
    3057-7639-9495
    Sermos expulsos da própria aldeia por podermos usar os Arms, isto depois de termos salvo o miúdo.
     
  19. ze_samot 1-Up Mushroom
    aa

    ze_samot
    Mensagens:
    2.157
    NN ID:
    ze_samot
    [​IMG]

    Chá pronto e companhia (a roncar) para a aventura. Vamos lá começar isto.

    Ah, a música de abertura é mesmo muito boa.
     
    G.E.R.M.A.N. likes this.
  20. Syaoran Bee Mushroom
    aa

    Syaoran
    Mensagens:
    3.146
    NN ID:
    SyaoPT
    Switch FC:
    7483-3616-3409
    É brutal. Eu costumava ligar o jogo só para ver/ouvir a Opening.
    Agora os tempos são outros e há Youtube. :P

    Uma das melhores de sempre.
     

Partilhar esta Página

  1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies.
    Remover anúncio